sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

APENAS LAMENTAR...





HÁ UM TANTÃO DE ANOS O JORNAL NACIONAL TORNOU-SE UM ÍCONE DA INFORMAÇÃO TELEVISIVA NO NOSSO PAÍS. ERA PARADA OBRIGATÓRIA VER O NOTICIÁRIO SOBRE POLÍTICA, ECONOMIA, ENTRE TANTOS ASSUNTOS PERTINENTES AO COTIDIANO DO POVO BRASILEIRO.
VEZ OU OUTRA AS MANCHETES POLICIAIS CHOCAVAM A TODOS DANDO CONTA DE ALGUM CRIME BÁRBARO, PROVOCANDO UMA COMOÇÃO GERAL OBSERVANDO-SE O GRAU DE ABSURDO NO ATO. ESSES TEMPOS DE COMOÇÃO FORAM AOS POUCOS SE TORNANDO ESCASSOS E QUANDO PERCEBEMOS, ESSE TIPO DE NOTÍCIA TORNOU-SE ROTINA. HOJE, ASSISTIR AO JORNAL NACIONAL E OUTROS DO GÊNERO É PRATICAMENTE ESTAR DIANTE DO BOLETIM DIÁRIO DE UMA DELEGACIA DE POLÍCIA. SÃO TANTOS OS CRIMES HORRENDOS QUE NÓS NÃO NOS ESPANTAMOS TANTO. A QUE PONTO CHEGAMOS? ESTAMOS NOS HABITUANDO À BARBÁRIE. CADA DIA UMA NOVIDADE, E A ÚLTIMA DELAS, NÃO HÁ EXPLICAÇÃO RAZOÁVEL: COMO TODOS ESTÃO ACOMPANHANDO, UMA ABERRAÇÃO EM FORMA DE SER HUMANO INTRODUZIU MAIS DE 30 AGULHAS NUMA CRIANÇA DE APENAS 2 ANINHOS DE IDADE QUE AINDA LUTA PRA SOBREVIVER. HÁ O QUE SE COMENTAR ACERCA DISSO? HÁ APENAS O QUE SE LAMENTAR E ESPERAR QUE TUDO CORRA BEM PRA ESSE PEQUENO SER QUE NEM DEVE ESTAR CIENTE DO QUE LHE ACONTECE.
MAS...UM FATO QUE ME CHAMOU A ATENÇÃO NO NOTICIÁRIO DE HOJE, LOGO NA APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA, FOI A SEGUINTE MANCHETE: HOMEM É LIBERTADO NOS EUA APÓS 39 ANOS DE PRISÃO POR UM CRIME QUE NÃO COMETEU. NOSSA!!! NÃO ACREDITEI NO QUE OUVI. ENTÃO ADIEI MEU BANHO E FIQUEI FAZENDO COMPANHIA AO CASAL JN ATÉ O MOMENTO DESSA MATÉRIA. OS MINUTOS QUE SE SEGUIRAM ATÉ O SIMPÁTICO WILLIAM NARRAR O FATO ME DEIXOU ENVOLTA EM MUITOS PENSAMENTOS. E MEU CORAÇÃO JÁ SE COMPADECIA E SE ENVERGONHAVA MESMO ANTES DE CONHECER A HISTÓRIA. É CLARO QUE CRIMES HEDIONDOS ME COMOVEM, ME FAZEM CHORAR COMO A QUALQUER PESSOA COM UM MÍNIMO DE SENTIMENTO. MAS... SABER QUE ALGUÉM PAGOU POR UM CRIME HEDIONDO SEM O TER COMETIDO ME DEIXA INFELIZ, INDIGNADA, DESILUDIDA...ENTÃO, WILLIAM ME CONTA TUDO. HÁ 39 ANOS UM JOVEM DE 19 ANOS É ACUSADO DE VIOLENTAR UM GAROTO DE ...PUTZ, MEMÓRIA FALHOU! ACHO QUE O GAROTO TINHA 9 ANOS. O CARA JUROU INOCÊNCIA O TEMPO TODO, OS EXAMES REVELARAM QUE ELE NÃO ERA CULPADO, MAS MESMO ASSIM FOI CONDENADO A VIVER ENJAULADO MAIS DE DOIS TERÇOS DE SUA VIDA. MUNDO DOIDO ESSE, MINHA NOSSA! IMAGINO A CENA, ELE SENDO COLOCADO ENTRE OUTROS NEGROS E A CRIANÇA O APONTANDO COMO PODERIA TER FEITO COM QUALQUER UM OUTRO, QUE CERTAMENTE TERIA SIDO CONDENADO DA MESMA FORMA. MUNDO MESMO DOIDO, EM QUE UM HOMEM É JULGADO PELA COR DE SUA PELE. E DAÍ SE O FATO ACONTECEU HÁ QUASE 40 ANOS? ACONTECERIA HOJE NOVAMENTE. ACONTECEM TODOS OS DIAS CRIMES MENOS GRAVES QUE ESSE, MAS CUJA NÓDOA FICA PRA SEMPRE. ME ENVERGONHO DE FAZER PARTE DISSO. CHOREI VENDO O SORRISO DAQUELE HOMEM SAINDO DA PRISÃO, FELIZ AO PODER PASSAR O NATAL EM CASA, COM SUA MAE JÁ VELHINHA. CHOREI E MEU CORAÇÃO SUSSURRAVA UM PEDIDO DE DESCULPAS. 
DEUS BEM QUE PODIA PASSAR UMA BORRACHA NA HUMANIDADE E TENTAR MAIS UMA VEZ. QUEM SABE VIRIA UM MODELO APERFEIÇOADO, COM MUITO MAIS ALMA E CORAÇÃO...


"De tanto ver triunfar as nulidades; 
de tanto ver prosperar a desonra, 
de tanto ver crescer a injustiça. 
De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, 
o homem chega a desanimar-se da virtude, 
a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto."

(Rui Barbosa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário