domingo, 13 de dezembro de 2009

SILÊNCIO OPORTUNO




É PRECISO SABER A HORA EM QUE AS PALAVRAS NÃO SERÃO OPORTUNAS... 
CECÍLIA MEIRELES CERTAMENTE FALARÁ MUITO MELHOR QUE EU.
DELÍCIA DE POEMA...

Serenata


Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.


Permite que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.


Permite que eu volte o meu rosto
para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho
como as estrelas no seu rumo.

(Cecília Meireles)

2 comentários:

  1. Eu confesso que nunca fui muito fã da Cecília, mas as vezes ela traduz muito bem o que a gente quer dizer, né?

    beijos

    ResponderExcluir
  2. dádiva ...! receita magica para a alma...! haverei de ler cecilia meireles por toda minha vida.
    parabens pela lembrança deste belissimo poema . beijo grande !

    ResponderExcluir