quinta-feira, 11 de março de 2010

ACARICIANDO A ALMA

Há dias sem postar... sem inspiração alguma pra tal. Conheço minha relação com as palavras, eu sentaria aqui e escreveria lamúrias, queixas, encostaria o destino contra a parede e o questionaria... "Espera aí, cara! Tá na hora de vc parar de pegar tanto no meu pé!"
Mas de nada adiantaria, ah isso eu sei. O destino faz a parte dele. A minha inércia absoluta trata de fazer... ou nao fazer... a parte dela por aqui. E assim, vida que segue. Quando penso ter alguma certeza, tudo se esvai feito um castelo de areia. Então me sento.
Espero. 
Recomeço. 
Desisto. 
Melhor mesmo é acabar esse post com um lindíssimo poema de Cecília Meireles, uma carícia na minha, na sua, na nossa alma inquieta. Rsrs... quase baixou o Evandro Mesquita aqui..."na minha, na sua, na nossa Rádio...Atividade"

Beijinhos azedinhos, mas cheios de amor mesmo assim.



Inscrição




Cecília Meireles

Sou entre flor e nuvem,
estrela e mar. 
Por que havemos de ser unicamente humanos, 
limitados em chorar? 

Não encontro caminhos
fáceis de andar. 
Meu rosto vário desorienta as firmes pedras
que não sabem de água e de ar.

E por isso levito.
É bom deixar 
um pouco de ternura e encanto indiferente
de herança, em cada lugar. 

Rastro de flor e de estrela,
nuvem e mar. 
Meu destino é mais longe e meu passo mais rápido: 
a sombra é que vai devagar. 

8 comentários:

  1. Gostei de tudo, da tua introdução e da Cecília!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Um poema bastante bonito com uma introdução bastante interessante. Por aqui a inspiração também não tem estado grande coisa, ao ponto de pensar que seria bom ter um botão qualquer que se carregasse e nos deixasse prontos a escrever. Mas não, ela simplesmente vem e vai, alheia à nossa própria vontade apanhando-nos muitas vezes desprevenidos e nos locais mais inapropriados. Felizmente tenho o telemóvel sempre à mão e vou enchendo de palavras o espaço para as mensagens.

    ResponderExcluir
  3. O poema é lindo e não o escolheu ao acaso. Também perco a inspiração e muitas vezes não me sobra tempo para escrever. Aí faço a sessão coruja, lá do começo do blog qdo não tinha seguidores. Fiquei com 14 durante 6 meses rs...Até escrevendo sobre a falta você preenche. Montão de bjs e abraços inspirados

    ResponderExcluir
  4. A VIDA É MESMO CHEIA DE PAUSAS REGULARES...!
    QUE BOM QUE TEU BLOG TEM NOVO FÔLEGO!

    GOSTEI DA POSTAGEM ...MUITO...!

    SUPER BEIJO PRA VOCE !

    ResponderExcluir
  5. Eiii, vim aqui te conhecer e já adorei o nome do blog: inquietudes... Aqui, acehi bacanérrimo sua "terapia" mas não se tem que pagar fortunassss numa análise naummmm rsrs O divã nosso de cada dia assegura!rsrs
    Beijuuss n.c.
    Regina
    www.toforatodentro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Posso acariciar sua alma um tantinho mais?

    então, Pétala, por favor queira me dar a honra de sua preciosa visita em meu blog do Anjo, que tem um selo de "comentarista excelente", esperando por vc lá.

    Te aguardo, amigona! Vá buscar.

    Beijos.

    Ah, esse poema da Cecília é mara!!!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. ah, que bom que vc veio, obrigado pelo comentário, vamos manter contato
    bjs

    ResponderExcluir