segunda-feira, 9 de agosto de 2010

SOBRE NADA

Pensei em rechear essa postagem com todas as minhas mazelas d’alma, o cardápio completo do que meus fantasmas andam aprontando comigo – com minha total conivência e inércia, obviamente – mas não, não quero! De nada adiantaria, todos continuariam aqui .
Pensei em escrever um poema para ali canalizar minhas inquietações. Mas ora, onde está a poetisa? Em mim certamente não há.
E agora, o que fazer então?
Pensei em postar mais um capítulo da série BAGAÇO DA LARANJA, mas acho que não seria tão engraçado como o primeiro. Adorei ter rido com vocês. Eu contaria sobre a difícil situação de não ser casada aos 40 anos e ter que responder isso quando as pessoas me perguntam. Aí, encolhidinha, com um sorrisinho sem graça, tento explicar que por mais que possa parecer, não sou uma marciana. Tenho até pensado em criar um perfil fake, a mulher perfeita, fatal, infalível... divorciada. Se for divorciada está tudo normal, o grandessíssimo problema é jamais ter sido casada. Aí sempre vem a continuação do questionário: mas porque você não casou? Como assim porque eu nunca casei? Como diria um velho amigo, qualquer dia vou retribuir a pergunta com um “Tem alguma placa aqui dizendo que tenho que ser casada só porque sou quarentona???”
Ah, vá...
Mas depois falo mais com vocês sobre isso. Acabei esquecendo que esse não seria o tema da postagem e me estendi no assunto.
Poderia postar uma música, a atual do meu momento "redescobrindo". Vi na TV no sábado o Moraes Moreira e o filho gatíssimo cantando “Preta, Pretinha”; sempre amei essa canção. Tem uma melodia que me inebria, mas aconteceu de ter ficado esquecida num cantinho do meu gostar, como tantas outras. Aí vim logo baixar e ando ouvindo feito uma maluca. Mas não vou postar sobre ela. Acho que também não quero.A música não merece meu estado agridoce, bem menos doce, diga-se de passagem.
Ah, posso também falar sobre minha sobrinha Isabella, que faz 3 aninhos em setembro, mas no auge da sua vivência, com a mãozinha sob o queixo lança a frase: “Não sei porque minha vida tá tão compicada”. Isabella é um caso à parte. Daria um livro. Uma figura! Também fica pra outra oportunidade esse assunto.
Pensando bem, melhor mesmo é ficar quietinha dentro da minha inquietude. Ficar olhando pra nuvem cabulosa e soprar com força pra ver se ela se movimenta e vai baixar em outra freguesia.

Pra vocês meus agridoces beijinhos, porém com a amizade de sempre.
Boa semana.

10 comentários:

  1. Devia-se estar sempre apaixonado. É a razão pela qual nunca nos devíamos casar ...

    beijo.

    ResponderExcluir
  2. Minha minina-ternura, amada! Adoooro esse jeitim agridoce seu de ser... até pq, como escreve, não deixa de ser tão doce que tenho que fazer força prá imaginar o outro lado... É tudo quiném, só muda o pedaço da ladainha: vc tá namorando já faz tempo, é quando é que vai noivar (uma bubice só), fica noiva... é quando é que sai o casório, acaba de se casar... é quando é que vai engravidar...tem o 1º filho...vocês nauuuummmm vão ficar só nesse... AFFFF e ainda tem essa né? Se não casou deve de ter um problemão... Se separou é pq o ex não aguentou a lida... se tá no 3º casamento é pq não dá certo com ninguém... E por aí vai o rosário... AFFFF.... Tem que se ter muiiiiita, mas muiiiiita paciência mesmo, e de quando em vez gritar: VAI TE CATA, SÔ!!! Povim maissss burricidu.
    Beijuuss, doces, n.c.

    www.toforatodentro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Uma coisa é certa! É da natureza das nuvens, sejam de tempestade ou não, movimentarem-se. Espere, pois esta nuvem cabulosa também irá passar.

    ResponderExcluir
  4. Acho que com esse desabafo, já estás melhor,não? Um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  5. Boom... essa sua inquietude é legal, gosto dela. hehehe
    Agora a melhor dessa vez foi a frase da Belinha... kkkkk existe não essa menina... adoooro
    beijo :*

    ResponderExcluir
  6. Olá,Pétala!

    Saudades!
    Importa é se somos casados(aliançados) com nós mesmos.Ideias,vontades e sonhos.
    Conta-se uma história que no interior de MG,uma moça de nome flor namorou desde a adolescência com o mesmo rapaz,o Príncipe encantado.Contudo,após o baile(leia-se casamento),a festa acabou,os sonhos se desmontaram e,ela que era uma flor,se tornou uma erva seca.
    Contudo,em meio uma chuva de lágrimas,a semente germinou e ela voltou a florescer.
    Nâo importa se o tão sonhado baile(casamento) já chegou ou não,o que vale a pena é nos amarmos e florecermos sempre.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Ahh, vá...

    Que beijinho agredoce vc tem...
    Gostou do agredoce,né...
    Como assim, vc não é casada?
    E, como e explico isso lá em casa?
    Esqueceu que vc é minha marida??

    Te amo Petala_Enjoadinha!

    ResponderExcluir
  8. Ah vá.. nessa parte dei uma risadinha.

    Eu tenho um lema na vida. O que importa é ser feliz. A vida está aí para ser vivida da melhor forma possível.

    Abraços. Tenha uma ótima semana

    ResponderExcluir
  9. Calma, guria, tu tá nova ainda, rapidinho aparece um partido bacana... Agora, tu tem que ser agradável... Se a tua atitude não for simpática e receptiva, então... Dê adeus a esse objetivo! hehe O ideal é parar de desejar ser encontrada e partir para o Plano B: - Dê uma procurada! hehe

    Kkkkkkkkkkk!

    Estou brincando, guria, não vá ficar brava!

    Um abraço pra ti!

    ResponderExcluir
  10. Mistérios...maiores do que aqueles que possa interpretar a nossa vã filosofia!
    Não é assim que Shakespeare afirmou? Sim, com outras palavras, mas foi exatamente isso, minha amiga, que ele quis dizer.

    Mas então a nossa querida Pétala está que não sabe por que sua vida tb anda tão 'compicada'?...rs
    Viva la vida, amiga, e aguarde com fé, não somente o famoso 'baile' como disse a tua amiga aí acima, mas tudo que se referir a teus sonhos mais profundos...

    Deus sabe a hora e o tempo de tudo. Peça a Ele que os acontecimentos se abreviem e prepare-se para recebê-los, pois se for para a tua felicidade, certamente Ele te atenderá! rapidim...

    Um beijão, e fique bem que tudo se ajeita.

    Se quiser conhecer umas artes 'arteiras' minhas, veja o
    http://botoeseanjosmimos.blogspot.com/
    Estou iniciando uma série com papéis.
    outro beijo, amiga.

    ResponderExcluir