terça-feira, 21 de setembro de 2010

Oizinho...

Aquela moça, a tal Pétala Rosadinha, não quis aparecer hoje, de tão constrangidinha que está por ter lhes causado tamanha preocupação. Algumas vezes as palavras tomam o controle, formam-se além de sua vontade e quando percebe está composto o dramalhão mexicano. Mas a moça sabe, mesmo que vez ou outra seus fantasmas a atormentem mais que o normal, mesmo que ocasionalmente pareça carregar toda a sensibilidade do mundo em suas costas, ainda assim não cometeria a injúria de se afirmar infeliz. Não o é, mesmo que tentasse por mil anos, ainda assim não conseguiria tal feito.

Que tal mudarmos de assunto? Anda melindrosa demais essa tal Pétala...  Esqueçamos um pouco a ruborizada.

Imbuída de uma generosidade gigantesca, e sabendo que vocês, pessoas atarefadíssimas, talvez não tenham tido tempo de ver nosso programinha preferido em horário nobre, faço aqui um resumo do dia dos presidenciáveis. Deu-se assim: A mãe de todos esteve na Bahia. Pena não vê-la correndo atrás de um trio elétrico, tal qual fará o povo em busca das melhorias...Ops! Ato falho! Continuidade das melhorias, já que tudo se encaminha tão positivamente. Alguém ousa levantar a mão e acusar algum problema social nesse país? Ai! Ai! Ai! Já o candidato tucano chorou! Foi lindo! Bradou “dos filhos deste solo és mãe gentil, Pátria amada, Brasil!” ... Quase não me contive de emoção ao ver seus olhinhos sinceros marejados de lágrimas, quando lembrei-me: E a mãe dos filhos desse solo já não é a outra, gente? Não entendo mais nada! Continuando: o candidato caçador de burguês quase conseguiu proferir uma segunda frase, eu aqui na torcida alucinada, cruzando os dedos, pensando: Agora ele vai conseguir dizer o que vai poder fazer depois de capturar os burgueses hediondos... Mas meu pensamento não foi tão rápido quanto o seu tempo. A Marina Silva ... Xiiiiiiii... Agora danou-se! Lembro direito não! Talvez tenha sido mostrada alguma estatística sobre a total paralisação das motosserras durante seu tempo de ministra.

Vocês, heim? Não cometam mais essa blasfêmia de perder o programa mais elucidativo e emotivo da TV brasileira em horário nobre. A gente sai mais leve, de bem com a vida. Lá todas as pessoinhas são cheias de boas intenções, a sinceridade reflete em seus olhares, não se vangloriam de suas ações passadas, é uma maravilha! Todos são bondosos e buscam apenas o bem comum, sem qualquer benefício próprio. Acredite! 


Aí quando me lembrei que sou hipertensa, que não posso estar a mercê de fortes emoções, muito a contragosto, tive que deixar de ver meus queridos politiquinhos... Estava quase às lágrimas! Passei a ver um DVD da Marisa Monte e trouxe musiquinha pra encantar nossa noite... Falar o que dessa mulher? Bem melhor ouvi-la!

Ah, amanhã Vê irá ao médico. Saberei se ela será separada de mim, dada pra adoção ou não. Confesso que me apeguei a bichinha, apesar  de seu coração de pedra (misericórdia, a piadinha foi infame...rsrs).

E tantos beijos.
E tanto carinho.
E tanto bem-querer!


Boa noite, meus amores



7 comentários:

  1. - Alvíssaras!
    - A Mimi está de volta!
    - E, como sempre, garantindo o Ibope dos nossos nobres candidatos...
    - Mas, pensando bem... praquequi precisamos de outra mãe gentil? Uma já chega...
    - Abraços, moça.

    ResponderExcluir
  2. "Tire esse azedume do meu peito e com respeito trate a minha dor!"

    É sobre isso que falei... Seu texto escorre, mesmo quando não estou afim de nada, não consigo apenas enxergá-los. Preciso lê-lo até o fim, com cara de besta pensando: Como ela consegue?!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi...

    Essa piadinha foi infame mesmo, de lascar, hein?...rsrs
    Mas esse seu texto relatando tudinho sobre as beldades em foco no momento, essa foi de arrepiarrrrrr

    Concordo com o Rodolfo, sim praquequi???

    Ai, ai, chega logo, outubro, pelamordedeus!!! rs

    Mi, outro assunto agora: vc poderia passar-me teu e-mail, minha linda? Quero fazer-te uma pequena-nobre sugestão (intrometida, eu...rs) mas acho que vc vai gostar muito da ideia. Claro,se vc confia nessa scraper de araque aqui.

    Beijos, e até!
    Brigada por tão ricas informações, visse?

    ResponderExcluir
  4. Pétala,
    Gostei muito da sua ironia. Está em forma, sabe?

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  5. Olá, Milene!
    Ainda bem que atristeza foi, e tu voltastes!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  6. Olá Milena,você fala de política com uma incrível propriedade,e com uma ironia na dose certa,que os nossos políticos sem dúvida merecem.Parabéns,além do bom gosto m´usical,sem sombra de dúvida .Fiquei.Beijos.Quero aprender com voce.

    ResponderExcluir