quinta-feira, 28 de outubro de 2010

PEÇA AJUDA AOS UNIVERSITÁRIOS


Céus!
Que mundo é esse em que vivemos?
Certas horas eu gostaria de não me importar tanto, quem sabe ser alienada, insensível me rendesse menos dissabores.
Passeando pelos blogs dos amigos, me deparei com o Adriano indignado sobre uma determinada matéria que teria lido no site da Revista Época. Depois do seu desabafo, deixou um link para quem quisesse conferir a aberração, mas que fosse certo de que iria passar raiva.
Nesse ponto discordo do Adriano, mas só um pouquinho. Duvido que todos os leitores da tal matéria se indignem tanto assim. Muitos seres de almas toscas se divertem tanto quando os cretinos que arquitetaram o “evento”.
Pois bem, trata-se de um trote universitário, mais precisamente um rodeio, onde os animais a serem montados são garotas gordinhas (bem mais que gordinhas). As bestas humanas agarram as garotas e as montam, sendo vencedor aquele que conseguir ficar mais tempo sobre elas, pois obviamente as meninas ficam lutando pra se livrar de tamanha humilhação. Quem quiser mais detalhe dê uma clicadinha no link e leia toda a matéria... De antemão respiro aliviada por não ser universitária na UNESP de Araraquara, pois correria seríssimo risco de ser literalmente montada por esses gênios... Tragicômico!
Os moços são todos universitários. Nossa, sou do tempo em que ser universitário era algo que implicava em ser respeitado pela intelectualidade. A pessoa no mínimo era alguém esforçado, idealista, enfim. Em tempos em que se fazer um curso superior era bem mais complexo, admirávamos quem trilhava esse caminho.
Hoje se compra diplomas. O sujeito faz um curso de três meses, conclui o ensino médio e vapt! Entra rapidinho numa universidade por aí, agora elas existem aos montes. Se reparar direitinho vai ver que na esquina da sua casa existe uma UNI sei lá o quê. Será que o Silvio Santos hoje continuaria pedindo ajuda aos universitários? Tenho cá minhas dúvidas.
Assim, corremos o risco de sermos atendidos num hospital qualquer por um sujeito desses, sem o mínimo de respeito pelo ser humano, sem a mínima tolerância pelos que não se adequam ao seu mundinho mesquinho. Existe alguma diferença de caráter entre esses jovens promotores de evento sub-humano e os mimadinhos que atearam fogo no índio, ou os que espancaram a moça por pensarem se tratar de uma prostituta? Em desabafos assim sempre cito esses casos porque são de uma bestialidade ímpar. E os tais promotores de eventos certamente foram jovens tão mimadinhos quanto os dos fatos citados.
Sinceramente... Me faltam as palavras. Me sobra desapontamento e frustração, além de uma gigantesca vontade de correr e gritar, até me doer a garganta.
Minha ingenuidade não chega ao ponto de pensar que esse é o mais atroz ato humano de que terei conhecimento. Coisas piores aconteceram, outras tantas bárbaras acontecerão. Mas o que me causa náusea é como isso soa natural pra eles. Ué, não passam de garotas gordas, o que tem demais? É só uma curtição da galera.
Sempre achei trotes, os “normais”, se é que existem, um grande absurdo. Total falta de respeito pelos pobres calouros, indo muitas vezes além desse desrespeito, não compreendo como as universidades permitem essas bizarrices, mas enfim. Hoje definitivamente não estou aqui para compreender. Me recuso a tentar buscar explicação. Quis apenas desabafar, gritar o mais alto que pudesse o meu repúdio. Dizer da minha vergonha em ser humana e anunciar que não sei aonde estão indo parar as minhas esperanças...
Quem as encontrar perdidas por aí, por favor tragam-nas de volta.

Obrigada.

13 comentários:

  1. Não da nem para acreditar né Milene!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Nem preciso ver o artigo pois já deu pra ficar p da cara. É o fim da picada. um beijo,chica

    ResponderExcluir
  3. Esgoto Holocáustico do ser dito humano....
    "NOJÔ" e "VERGONHA" é só o que sinto

    Inda bem que tô mais pra Símio que humano... rss
    Teje Falado
    Xipan Zéca

    ResponderExcluir
  4. EU SOU CURTA E GROSSA QUANDO SE TRATA DESSE TIPO DE HUMILHAÇÃO...CURTA E GROSSA E LOUCA..SE UMA FILHA MINHA PASSASSE POR UMA HUMILHA~ÇAÕ DESSAS EU COM CERTEZA AGIRIA DE FOMRA BRUTAL TAL QUAL ELES FIZERAM COM ELA...GARANTO A VOCES GARANTO COM TODAS AS CERTEZAS DO MUNDO QUE NENHUM DOS QUE PARTICIPARAM NÃO IAM ESTAR NA FORMATURA OU SE TIVESSESM SEM UM ORGÃO MUITO IMPORTANTE DO CORPO DELES ..EU VOU ALEM DA IMAGINAÇÃO QUANDO PENSO NA HIPOTESE DE UM FILHO.SOBRINHO PASSAR POR UM HOLOCAUSTO DESSES..E TENHO MINHA FILHA UNIVERSITARIA E SEMPRE FALO PRA ELA NÃO PASSE POR HUMILHAÇÃO E NÃO FAÇA NOS CALOUROS POIS SE EU SOUBER QUE VC PARTICIPOU DE UMA ABERRAÇÃO DESSAS EU TE TRAGO PRA CASA E VOCE VAI TRABALHAR DE EMPREGADA PROS OUTROS E FAZERA FACULDADE QUE TIVER AQUI NA NOSSA CIDADE E ELA SABE QUE EU CUMPRO..NÃO ADMITO FAZER ESSES ATOS COVARDES COM NINGUEM NEM QUERO PRA MIM NEM PROS OUTROS QUANTO AOS PAIS DESSA MENINAS GORDINHAS ..AHHHH ACORDAM PAIS POEM A BOCA NO MUNDO FAÇAM SENSACIONALISMO NESAS TVS QUE ADORAM ISSO E TIREM O DIREITO DESSES COVARDES CONTINUAR ESTUDANDO..SE NÃO TIVER JEITO MANDE CAPAR TODOS ..QUEM SABE GORINHOS TAMBEM NÃO VAO AQUIETAR O FAXO,...AI OLHA EU PERCO O SONO COM ESSAS HISTORIAS O SONO A LINHA O CARRETEL E TUDO..

    BJS
    OTILIA BRAVISSIMA ..

    ResponderExcluir
  5. Tudo muda ,por aqui está na mesma ,praxar é sinónimo de humilhação.Os homens andam loucos.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  6. - A educação, no Brasil, não é problema. O problema é a falta dela, que vem corroendo o caráter dos estudantes desde o maternal até o superior. No momento, não tenho estômago para conferir, mas com certeza vou fazê-lo mais tarde. E parabéns à militante indignada por botar a boca no berrante. Abraços solidários, Milene..

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Milene...

    Foi se o tempo que universitário é respeitado pela intelectualidade...como bem disse você, a cada esquina uma universidade vapt vupt ( nem adianta me criticarem, essas Unis não formam ninguém), sou formada em Universidade Pública Estadual com curso regular e aprendi patavina nenhuma, imagine estes que formam pela NET..
    Cada vez mais acho que o meu amigo e colega de facu tinha razão quando dizia: Loi não se mate de estudar, não adianta, o que importa é o canudo para ter direito a cela especial...

    Brutamontes...nojentos..acho que é só por isso que esses monstros de Araraquara fazem facu

    ui..desculpe..ficou grande..indignei


    Beijocas

    Loisane

    ResponderExcluir
  9. Olá, Milene!
    Quando souberes do lugar onde foram para os seres humanos, me conte, quero uma passagem pra lá!!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  10. Milene, ou eu sou de outra época ou de outro planeta. Porque não consigo imaginar alguém que se sinta feliz em humilhar ou degradar outra pessoa, nem que isto seja tolerado por todo o mundo.
    Mas, para o meu desgosto, acabei descobrindo que existe gente assim. E não são poucos.
    Infelizmente, parece que nossa civilização anda meio doente.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. É unânime, Milene. Ninguém aprova essa barbaridade dos acadêmicos modernos. A mocidade perdeu a compostura e o respeito. Constranger os outros é diversão para alguns, especialmente no mundo universitário.

    Acabou o status e tornou-se prepotência... sujeito entra na faculdade e pensa que pode tudo, que agora está a cima da lei e da massa que ainda não chegou lá.

    Um bando de otários... quero de volta a dignidade de apresentar um diploma enquadrado na parede.

    Forte abraço, valeu pela citação!!
    Adriano

    ResponderExcluir
  12. Assim caminha a humanidade...São essas historinhas que os futuros "doutores" desse país terão para contar a seus filhos...pense!

    Pior, Mi... que passam 5,6,7 anos dentro de uma universidade para sair phd em coisas toscas. Enfim... E as autoridades fingem que não vê, os pais, falam que isso é coisa de criança...


    Bom,

    ResponderExcluir
  13. Milene, to passada!!!
    Nem tenho o que falar...
    Se você achar as passagens a que o Rike se referiu, compra mais uma ta?
    Que que é isso?
    Tem uma frase de Nietzche que diz:
    "Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você...."
    De certas coisas é melhor a gente até se alienar...
    Beijo grande querida

    ResponderExcluir