quinta-feira, 25 de novembro de 2010

FLORESTA EM FESTA



Era uma vez uma floresta encantada, que ficava longe, muito longe, onde só era possível chegar pegando carona nas nuvens e delas escorregar até cair nas macias folhagens das árvores. 


Lá vivia um bichinho muito especial, um macaco alegre e arteiro que adorava brincar de ser o dono da floresta. Subia bem no topo das árvores e se divertia pulando de galho em galho, tal qual um malabarista do céu.

Todos os bichos amavam Xipanzeca. Adoravam estar a sua volta ouvindo as histórias mais fantasiosas e divertidas, oscilando entre gargalhadas a ecoarem por toda a mata e momentos de total silêncio, tal era o poder desse macaco em atrair a atenção dos outros animais.


As casas dos seus amigos eram todas decoradas com quadros presenteados por ele, retratos lindos e coloridos e acima de tudo carregados de querer bem, porque provocar em alguém um sorriso, a sensação de felicidade ainda que momentânea tornava-o mais feliz e em paz consigo mesmo. Lá, entre seus amigos, a brincar por entre as árvores, a fazê-los rir com suas adoráveis macaquices, era possível adormecer suas próprias dores d’alma. Se permitia esquecê-las por alguns instantes mas sabia que elas sempre estariam a sua espera. Era preciso encará-las e ele o fazia resignado, em nome de um amor genuíno, desinteressado, generoso. Gostava de estar protegido, acarinhado, muitas vezes era apenas isso que queria, mas carecia deixar de lado o seu querer, pois era hora do pequeno macaco arteiro se encher dessa resignação e assumir seu papel de anjo da guarda com enormes e acolhedoras asas peludas.

Assim, por força das circunstâncias nem sempre favoráveis, aprendeu a compreender os que involuntariamente viviam no seu universo particular, os que estão na maioria das vezes ausente de si mesmo, recolhidos numa fortaleza impenetrável, aonde impera o silêncio e por isso é de lei usar pantufas mágicas ao caminhar. Elas conduzem a viagens imaginárias, em que os monstros e fantasmas malvados são deixados pra trás pra nunca mais voltar.

O macaco é assim, adora bradar suas malcriações. Mostra a língua, lança um palavrão a cada piscar de olhos, alguns bem característico do seu macaquês indecifrável. Tem a vodka barata como cúmplice dos seus momentos de devaneio e tantas vezes mergulha sozinho nos tais devaneios. É um sonhador na essência, o macaco. Possui uma alma grandiosa, composta por uma boa dose de generosidade, ainda que à primeira vista camuflada por uma braveza que desaparece ao primeiro afago no seu pêlo extenso.

Hoje é aniversário do macaco mais querido que se tem notícia, todos os bichos estão a celebrar e agradecer pela existência desse que sabe como ninguém fazer nascer sorrisos nos momentos mais improváveis.

Deve ser mesmo por isso que ele escorregou das nuvens até a copa macia das árvores, e fez dessa a mais feliz de todas as florestas.




AMIGOS SERÃO AMIGOS,


QUANDO VOCÊ ESTÁ PRECISANDO DE AMOR 
ELES TE DÃO CUIDADOS E ATENÇÃO.
AMIGOS SERÃO AMIGOS,
QUANDO VOCÊ ESTIVER CHEIA DA VIDA 
E TODA ESPERANÇA ESTÁ PERDIDA,
ESTENDA SUA MÃO PORQUE AMIGOS SERÃO AMIGOS ATÉ O FIM.


MEU CARINHO E AMIZADE...
BEIJOS, TATTO!

19 comentários:

  1. Millene querida nossa que bela homenagem ao nosso macaquinho mais querido do planeta ele merece simmm

    E mais uma vez parabéns p ele

    ResponderExcluir
  2. Milene, ficou lindo seu post!!!
    AI que ninguém segura mais esse macaquinho..rsrs
    E que música!!!!
    O presente é dele mas a gente também pode curtir, né não?..rs
    Beijo grande querida

    ResponderExcluir
  3. lindo o conto, coisa boa esse niver surpresa em a corrente inteira acabou ganhando presente.
    boa noite bjo.

    ResponderExcluir
  4. Milene, que massa!!

    Nossa, amiga...depois de curtir umas quinhentas vezes Don't let it die...fazer um scrapinho pro macaco (que graças a Deus caiu das nuvens bem aqui no nosso quintal blogueiro...)
    e agora...essa divina música amaciando a alma!!!
    Que isso!
    Assim, eu morro do coração...
    Lindo e perfeito post...LINDO!!!

    Parabéns a ele, por aqui também!
    Beijos, linda. Parabéns pelo post, mara e massa, ele vai amar.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns a ele e que linda homenagem! beijos,lindo dia,chica

    ResponderExcluir
  6. Nossa, maravilhoso! Encantado tb rs abraços

    ResponderExcluir
  7. Milouca.. sua malêdeta dus cambáus... rss

    Suncê ARREBENTOU o macaco com essa homenagem sua coisa mái munitinha e rosadinha do meu coração peludo.. rss

    Um pusta AVACAGÁ carinhoso do fundo do meu coração..

    DÉUSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSKIAJUDE....
    Tatto...

    ResponderExcluir
  8. Olá, Milene!
    É verdade, amigos serão sempre amigos, custe o que custar, venha o que vier
    amigos serão, e estarão, sempre amigos!!!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  9. - Voltando da Floresta Encantada, onde fui deixar ao Xipan o meu VAPA (Vigoroso Abraço Pro Amigo), deparo-me com esta obra-prima da Milene... que ainda diz que não é poetisa, pode? Acho que a moça ainda não percebeu que todos os seus textos são estruturados em versos brancos.
    - Milene, você nasceu poetisa. A poesia flui de suas palavras quando você deixa falar o coração. Tenho dito!
    - E pra você um VAPAPU (Vigoroso Abraço Pra Amiga Poetisa Única)!

    ResponderExcluir
  10. Olá minha querida, sensível e inspirada amiga Milene, maravilha, maravilha, maravilha, um belo e sensível conto. Deveria ser lido para todos as crianças do mundo, vou guardar uma cópia para ler para minha pequena filha. Paz e harmonia em seus dias, um belo final de semana e mais inspiração.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  11. Feliz aniverário!
    VIVAAAAAAAAAAAAAAA!
    Manda um pedaço do bolo, heim!
    bjs.

    ResponderExcluir
  12. Passei pra retribuir o seu carinho com um poema...

    "OCÊIS É"

    "Ocêis é a pórva que fáis isprudí o meu coração peludo de tanta alegria;
    Ocêis é a pócinha funda onde eu afogo minhas mágoa;
    Ocêis é a lâmpida qui alúmia us meus torturósos caminhos...
    Enfim !!;
    Ocêis é o bárde de madeira chêin de vazamento do quár alêvantum por uma corda esgárciada e manivéla roncadeira o égo macaquistíco do fundo desse pôcin de aguas salobenta cum tudo esse carinho cocêis tem por EU.......

    AMOCÊISTUDOS
    Tatto

    ResponderExcluir
  13. Ah Milene, perfumadora de minha'lma, amaaaada...
    Tô com o Rodolfo (aliás cê já sabe disso faz temmmmpo)e nauuuummm abro! Esse macaco vai fica mais insuportavelmente delicioso! Brigadim pelo oferecimento ternurento do seu Divã, ouvido mais que amigo...Semaninha difirci messssma e hoje então? "Metade de mim é saudade e a outra metade também"...afff (Vivas prá Tatto e Vivas prá minha mãe...onde quer que ela esteja, além de garrada no meu core e alma!)
    Beijuuss minina-ternura n.c.

    www.toforatodentro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. bonito texto.

    Bom fim de semana

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  15. Milene, que linda homenagem pro nosso amigo antropóide, com o saudoso Fredie Mercury.
    Parabéns a ele! O Macaco tá certo!
    E você também!

    ResponderExcluir
  16. Milene amada


    que bom que existe voce com suas palavras doces e rosadinhas para fazer essa homenagem gracinha pro nosso peludinho...


    beijocas

    Loisane

    ResponderExcluir
  17. Tô Bravo, fui ver seu outro blog e ele tinha sumido do ar, vc nem me avisou, gostava tanto dele, ia lá na madrugada ver a novidade que vc tinha colocado. Ah moça me afasto dos blogs e vc faz isso, coloca ele no ar de novo, diz que sim, diz que sim, diz que simmmmmmmmmmmmm...rsrrs


    Abraços

    ResponderExcluir
  18. AMEIIIII LINDA HOMENAGEM LINDO QUEN QUE AMOOOOO LINDO FRED...QUE JA CANTA LA NO CÉU ..E VIDA LONGA A XIPAN ZECA ESSE MACACO ARRETADO DOIDO ..DOIDINHO DA SILVA QUE ALEGRA NOSSOS BLOGS COM SEUS COMENTARIOS SEMPRE SERIOS NO FUNDO NO FUNDO TODOS SERIOS ,..E QUE AINDA ALEM DE TUDO ISSO ...AINDA É PORTA ..A ESSE MACACO TA FICANDO CHIQUE NO URTIMO RSRSRS MAS MERECE E MUITO
    BJS A VOCE QUERIDA NORDESTINA QUE JA É PARTE DA MINHA VIDA..BJS NO MACACO.....
    OTILIA

    ResponderExcluir