sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

OMAR

IMAGEM POR MILENE LIMA, BARRA DE SÃO MIGUEL - AL, 01 DE JANEIRO DE 2011

Era fundamental estar ali. Tudo era imensidão, naquela cor já conhecida, refletia num azul-esverdeado que só por essas bandas é possível admirar. Estava lá mais uma vez e nem demorou tanto assim desde a última. Era confortador observá-lo, ali, com suas costas largas, era como tentar desvendar seus mistérios. Uma relação de cumplicidade: Ela lhe devotava uma admiração enorme e ele a retribuía doando energias, revigorando-a, apenas em se permitir ser observado. A princípio o olhou com certa tristeza, pois estava judiado da noite anterior. Réveillon, festa, empolgação. E ele, numa ressaca profunda pela falta de educação. Com olhar de lamento pensava- Despejaram tudo na areia: Garrafas de bebida, latas de cerveja, sacos, restos de alimento, preservativos... Tudo ali jogado sem o menor remorso. Encarou-o como a pedir desculpas pelo que fizeram, como se pudesse sentir o som do seu lamento. Ele respondeu com um balançar generoso, sedutor, talvez, querendo dizer que era mais forte que isso, superaria, não era motivo pra preocupação e muito menos sentimento de culpa. Melhor que tudo era desfrutarem daquele instante, mágico, aonde o Sol pincelava nuances de dourado, fazendo o retrato vivo ficar ainda mais fascinante. O mesmo Sol havia lhe fugido, todo o tempo fugido. Recusava-se a se por às vistas dela, para compor, junto a ele, a mais perfeita paisagem... Seria ciúmes por não ser o preferido? Ela sabia que não fugiria por muito tempo, pois não era preterido. E Não fugiu... Ela o alcançou e perpetuou o encontro sob as lentes do seu celular, ainda que ele, o Sol, tenha se recusado a posar pra foto junto com ele, o mar. Se despedia já ansiando o próximo encontro...

Milene Lima

SOB OS PITACOS GENEROSOS DE SI FERNANDES.

12 comentários:

  1. Sempre que vou a ele, fico no vai e vem... mais que areia, mais que o sol, o seu vai e vem me fascina....Ahh OMAR, o que é que tu tens que me deixa assim...
    AMEI TUDO... ESSA FOTO ENTÃO...DEMAIS.

    ResponderExcluir
  2. Oi Moça, penou que ia fica livre dos meus comentários em 2011? Tomei fôlego e estou retornando as atividades.

    A fotografia ficou muito boa!

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Adoro o mar e ele é lindo sempre...beijos,tudo de bom,linda foto!chica

    ResponderExcluir
  4. - Pequena história de uma foto tirada num momento mágico, num lugar mágico, contada com palavras mágicas por uma fada-bruxa magicamente sentimental (ou sentimentalmente mágica? Sei lá...)
    - Lindos os seus mundos, Milene... o de fora e o de dentro. Beijos mágicos pra você.

    ResponderExcluir
  5. MilenA...
    Que inveja tenho de OMAR... Que ciúme tenho de ocê, Encontram-se com mais freqüência que eu propriamente com o meu Ó MAR....

    Poetizei... hehe Feito um Macaco no Cío.... rss
    Deusssskiajude
    Tatto

    ResponderExcluir
  6. O mar quando pega na praia é bonito... ( Dorival Caymmi).
    Bjs,

    ResponderExcluir
  7. É minina-ternura... acompanhada ou não de OMAR, sem o mar, amar todos os dias... Saudades desse mar, desse vai e vem onde me sinto infinita...
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  8. Sou apaixonada por essa imensidão de agua
    mas so conheço agua doce.. rrss
    OMAR de verdade esse seu ai nunca pude sentir a maresia dele não... mas ainda vou..

    E seu momento aqui (D)escrito foi lindamente registrado por suas palavras doces de encantamentos..
    Memem amada minha...

    beiJO beiJO beiJO...

    ResponderExcluir
  9. O mar, o mar, sempre recomeçado!

    Beijo e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Milene!
    Pela foto já deu pra saber o que estavas sentindo!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  11. O mar
    Misterioso mar!
    Ah, o amor é o mar, é!
    João Bosco

    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Razão de estar aqui: Déya!
    Que emoção linda ela passa, quando fala sobre você. As palavras de carinho a você dirigida, me fez vir voando ao seu encontro, e para minha alegria, sobrevoei sobre OMAR. Respirei essa sua doçura quando dele fala, e vi a sua preocupação, tão parecida com a minha, que queria ver OMAR apenas recebendo carinhos, para nosso planeta embelezar.
    Mas infelizmente as pessoas, muitas delas não pensam assim, e deixam para trás, restos das suas destruições, jogadas nas areias que OMAR banha, para a terra refrescar.
    Mas quem sabe um dia, elas tomarão consciência e passarão a amar OMAR, como nós o amamos.
    Um abraço carinhoso e com certeza, mais vezes virei aqui sonhar com você e com a linda,Déya.

    ResponderExcluir