sexta-feira, 29 de abril de 2011

LEIA ATÉ O FIM, É GENIAL!



O título soberbo é o mesmo lido nas inúmeras mensagens de e-mail recebidas todos os dias. Minha relação com eles não é lá das mais amigáveis, aliás,  lido com um tanto de indiferença, a não ser que sejam pessoais, daqueles a me trazerem um afago sob forma de música, poema, ou um mero “só vim saber se você ta legal”.

No mais, detesto todos eles. Devo estar condenada ao fogo do purgatório, no mínimo, por não encaminhar as inúmeras mensagens com prazo de validade pra serem cumpridas, tipo uma bomba contando regressivamente para explodirem. “Encaminhe esse e-mail para duzentas e noventa e sete pessoas em 2 segundos ou estás lascado, camarada”; “Leia, por favor, você não vai se arrepender”; “Kkkkkk... Esse é fantástico”.  Normalmente os recebemos com mensagens assim, portando pragas terríveis, ou implorando leitura, os quais todo mundo já encaminhou, portanto você o receberá umas mil vezes.

Há poucos minutos abri por curiosidade um desses interessantíssimos, cujo título é: DEZ COISAS A SEREM APRENDIDAS COM O JAPÃO. A ilustre mensagem eletrônica traz frases com o intuito de ensinar aos brasileiros a agirem em situações de calamidade. É preciso aprender a não se descabelar quando sua casa desaba na sua frente e você tiver escapado por um triz. E se perdeu algum ente querido, oras, há de se ter calma e bom senso todo o tempo, do que adianta o desespero? Sejamos bem educados em quaisquer situações.

Das dez frases contidas no e-mail, essas abaixo me chamaram especialmente atenção:

A CALMA – Nenhuma imagem de gente se lamentando que havia “perdido tudo”. A tristeza por si só bastava.
A DIGNIDADE – Filas disciplinadas para água e comida. Nenhuma palavra dura e nenhum gesto de desagravo.
A ORDEM – Nenhum saque a lojas. Sem buzinaço e tráfego pesado nas estradas. Apenas compreensão.

Mas como assim? O mundo se acaba ali, aos pés do sujeito e ele tem que manter a elegância acima de tudo? Faça-me o favor! Eu não dou conta de tanta frescura. Sei lá quem foi o autor dessa beleza de e-mail, mas o sujeito devia ao menos levar em consideração as diferenças gritantes na cultura de cada país. O povo japonês, graças aos céus, tem o dom de se superar nas situações mais horrendas, mantendo a postura disciplinada, peculiar às gentes do oriente. Não estou inteirada acerca da relação do governo com seu povo, mas imagino que deva haver uma atuação destes em situações de calamidade, ao contrário do Brasil, terra de indisciplinados, insistentes em lamentar só por perderem o que nem bem possuíam, teimosos em bradar contra o descaso, chorando alto por se sentirem desamparados.

Será necessária a distribuição de cartilhas com atitudes civilizadas a serem tomadas quando das tragédias provocadas pela chuva, quando da seca a judiar o sertanejo? Sugiro algo do gênero: “ MANUAL DE BOAS MANEIRAS PARA MOMENTOS CALAMITOSOS”.

Durma-se com tamanha tolice e completa ociosidade.

Com vossa licença, irei nesse instante implodir silenciosamente uma infinidade de mensagens eletrônicas, trazendo conteúdos edificantes, lindos textos de autoajuda e a propagação de inacreditáveis milagres. Vocês, caros amigos, tem a opção de ler disciplinadamente esse texto de rara qualidade, ou prepare-se para as pragas poderosíssimas, no melhor estilo Bento Carneiro, o vampiro brasileiro: MINHA VINGANÇA SERÁ MALIGNA!


Meu mais civilizado boa tarde a todos, num aceno discreto, como é de bom tom.

16 comentários:

  1. Milene, tô contigo e não abro...
    Rs rs rs
    Devo rir... permanecer calma, ter dignidade e manter a ordem...
    Um beijinho de boa tarde

    ResponderExcluir
  2. - Devemos adotar a postura de lutadores de sumô perante as agruras da vida. Usemos fraldas, exibamos os glúteos e esmaguemos sob nossas patadas os mesquinhos problemas que nos incomodam. Difícil vai ser nos levantarmos após a queda, como fazem agilmente os incultos e pouco civilizados capoeiristas...
    - Beijos.

    ResponderExcluir
  3. No Japão eles até podem agir assim, pois sabem que vivem num país onde seus direitos são respeitados há milhares de anos e seus governantes praticam o harakiri quando são pegos no contrapé!
    Aqui, no meio da terra de ninguém, é cada um por si, e a gente já aprende isso desde pequeno: se segura, malandro! É cada um por si!
    Mas, eu adoro essas suas broncas!
    Tudo o que eu queria dizer, mas tinha medo de ser "politicamente incorreto"!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Esqueceste das criancinhas com doenças terríveis, pelas quais devemos encaminhar o email para o maior número possível de pessoas, porque o UOL (?!?!) vai doar tantos centavos para cada email encaminhado.... PATACAPARÉU! Quem navega deveria saber e ajudar a exterminar cada HOAX que lhe aparece na frente (pelo menos os da sua caixa de entrada..)
    Beijo.... e sarrafo neles, sem nem abrir

    ResponderExcluir
  5. Milene querida !!
    Pois quando chego aqui me deparo com esse texto, após mandar um tanto de emails pro espaço !!

    Também não tenho a mínima paciência.

    Quanto ao Japão, impossível comparar, e a sumidade que escreveu a pérola, devia se informar melhor a respeito da cultura, costumes, tradições e tudo o mais que o Japão tem de diferente de nós, aff ...

    Adoro te ler !!
    E obrigada por seu carinho !!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Pois eu gosto de uns tantos que recebo...arte, criatividade, crônicas atribuídas a alguém, piadas etc e tal. Chego até a reenviar quando me lembro de alguém, em especial, e se vai implodir ou não... já é uma história que não me pertence. Quanto a esse,que tb recebi e não reenviei rsrs, a distância que nos separa dos orientais e seu modus vivendi é tão GRANDE que não há treinamento que dê conta de encurtá-lo.
    Beijuuss, minina-ternura, n.a.

    ResponderExcluir
  7. Memém

    eu não tenho a paciência deles...nem a calma deles..

    grito ..xingo e sapateio...


    beijocas

    Loisane

    ResponderExcluir
  8. Sabe Mi, eu também não tenho muita paciência em ler tais e-mails, mas alguns (nem sei bem por que) me chamam a atenção. E se eu gostar, mas gostar MESMO, encaminho para pessoas especiais. Do contrário vou fazendo a limpeza total.

    Quanto às diferenças de cultura nem adianta aplicar nada aqui nesse país , mesmo porque não temos apoio e o povo se vira como pode e cansou de viver eao deus dará e luta agora para sobreviver.

    bacio amada
    vambora que a fila anda

    ResponderExcluir
  9. Agora farei a maior revelação a minha personalidade que já fiz, eu simplesmente não abro nenhum e-mail que não seja pessoal, se vier lá título FW pode esquecer não vou abrir mesmo, e se vier um PPT junto corre o risco de eu bloquear o mail da pessoa na hora odeio mesmo, pronto falei, e como sempre adoro ler seus textos Mi são ótimos um beijão.

    ResponderExcluir
  10. Essas mensagens passam batidas por mim. Não tenho menos interesse em ler.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Milene!
    Tem razão: genial!!!!!!!!!!!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  12. Olá Mi,

    Do spam que por todo o lado se propaga pior que erva daninha, nem comento.
    Quanto à atitude do povo japonês perante tamanha fatalidade, reconheço pouco saber, sobre a sua cultura para além do trivial, vi em tempos um programa televiso sobre sua educação e comportamentos sociais, na produtividade etc.. São de uma organização fora do comum e desde cedo ensinados a aplicarem-se a 200% ao pedaço que cabe a cada um cumprir.
    Muito diferentes dos ocidentais, generalizando.
    porque conheço países europeus em que o civismo é uma palavra de ordem que se cumpre com naturalidade. Não é o caso do país em que vivo, onde se sente algumas melhoras, mas estamos muito longe do ideal. Um caminho longo!!!

    Vim matar saudades,deixar um beijo e meu kandando amigo.

    ResponderExcluir
  13. Maravilha, Milene!
    rs rs
    Também não leio esses e-mails, também não os reencaminho. Pela minha parte, não há nada a fazer. :)

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  14. Ola Mi,
    Confesso que não leio emails encaminhandos em lote... é raro isso acontecer. A não ser que seja de alguém muito proximo.
    Quanto ao povo Japonês, é de tirar o chapeu com honra. QUem nos dera se tivessemos essa disciplina. É por isso que ainda somos terceiro mundo.

    Um beijo,

    ResponderExcluir
  15. Queridos!

    Sim...Parti da blogosfera, e vocês verão o mesmo recado em alguns Blogs que para mim foram e sempre serão muito importantes, porque seus “donos” se tornaram meus amigos...virtuais, mas amigos a quem prezo muito!
    Não quis fazer um post de despedidas, por isso este coments que mais parecerá um jornal!
    Eu realmente me decepcionei demais na blogosfera!
    Pessoas sem escrúpulos, sem noção do que é esta linda ferramenta!
    Pessoas que as usam para ferir, para machucar, para representar papéis que não lhes cabem!
    Machucaram-me, machucaram amigos queridos!
    Não consigo entender e nem aceitar a crueldade humana!
    Não têm opinião formada sobre nada, em cada espaço uma opinião diferente, uma chacota, uma ofensa. Não entendo como podem ir em um espaço e dizer que amam o vermelho, e em outro espaço dizerem que a cor que mais odeiam é o vermelho!
    Por isso saio...não quero ficar remoendo raivas, e nem usar as mesmas armas, e olha que munição não me faltaria!
    Estarão todos nos meus melhores pensamentos!


    Beijocas

    Loisane

    ResponderExcluir
  16. Eu sou o quebrador de corrente oficial e outras coisas mais...

    ResponderExcluir