quarta-feira, 4 de maio de 2011

NO COMPASSO DA SOLIDAO


A solidão caminha inevitavelmente a minha sombra. Esses tantos outonos nem tão intensamente vividos, me sussurraram, porém, que ela só me assombrará de acordo com a minha anuência. Sou a arquiteta da minha própria condição de viver a ermo.

Estar com ela implica em me espiar pra dentro e justamente desse encontro me pus a correr toda a vida, fechei os ouvidos aos pensamentos tolos e inquisidores. Nunca quis ter a dimensão da realidade e a solidão obriga justamente a isso, a um ajuste de contas por vezes amargo, embora necessário.

Os sentimentos são conflitantes, duelam para ver quem se sobressai e aponta o caminho de volta. Mergulho inteira no meu mar de solidão e nem é tão ruim essa imersão. Vejo surgir um canal aonde a realidade se manifesta sem maquiagem, mostrando o meu mundo miúdo, de cujo embate vivo fugindo.

A um passo da completa sanidade meus gritos já não encontram eco. Desejo uma mão a segurar a minha e eis o meu maior erro... Lúcido erro! É tolice a busca pelas muletas da alma, elas de nada me apoiarão. A solidão se molda no tamanho que eu a permito e compreender isso me fortalece o bastante pra seguir sozinha. Caminho sobre a linha tênue entre torná-la habitante permanente desse meu pequeno universo ou fazê-la efêmera, lhe concedendo eventuais passes de entrada.

Decido pela transitoriedade. Quero oscilar entre a sensatez a qual me obrigo por mero conformismo e a inócua loucura a me conduzir para uma surreal e eufórica dança com a solidão...


Texto inspirado nos papos com  Luck, 
meu amigo e parceiro na fuga alucinada 
contra a lucidez absoluta, 
que tantas vezes me faz compreender
 as minhas próprias palavras... 

15 comentários:

  1. Lindo teu texto e bem inspirado...A solidão permeia as palavras, mas não a devemos deixar ficar pra sempre...Apenas um pouquinho,srrs Lindo! beijos,chica e um dia legal!

    ResponderExcluir
  2. MilenA..

    - Espero que este texto seja direcionado a alguma alma fictícia, inanimada e fraca!
    Sei que no quesito CAPACIDADE .. tu é mái macho que muito hómi... rss
    Esta frase é linda.. "É tolice a busca pelas muletas da alma, elas de nada me apoiarão."..... Mas não faz parte do teu SER, Jamais se apegue à aquele TOSCO ditado popular de que ( Desculpas de aleijado é muleta! ).
    - Até teu blog está perdendo um pouco da tua identidade ( cores rosadas e alegres )... pôw!!

    Sorry... Mas Eu não poderia deixar de dar este PUXÃO de zôreia e resgatar ao menos um tíco do que ainda existe da Miloukinha Rosadinha.

    P.S.- Sempre disse pra tu iscôiê mió seus amigos.. Mas tu nunca me bêdeceu e Insistiu em ter-me como UM!!!.... kkkkk bem feito!!

    Deussssssssssskiajude
    Carinho, bordoadas e rasteiras.. Sempre, Desistencias JAMAIS!!

    Tatto.... Óiê qui Tontoooo!!

    ResponderExcluir
  3. Ah, sabe... Sempre mando a solidão procurar a turma dela. Não me ajuda em nada tê-la ao meu lado.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Amei o texto, essas conversas com o tal Luck devem ter sido intensas hein?

    A solidão muitas vezes pode ser nossa melhor amiga, é uma companheira a ser cativada, mas ela também abre portas a outras companheiras que não devemos nem chegar perto.

    Beijos. ;*

    ResponderExcluir
  5. - Não fuja de você mesma.
    - Nunca desista do que você é.
    - E se você se perder de si própria, há um pedacinho seu na minha alma e nos meus sonhos. Ele não é meu... é seu.
    - Beijos, querida.

    ResponderExcluir
  6. PS: o texto me lembrou da seguinte música.
    http://www.youtube.com/watch?v=jJj6JS7XLZY
    Mais pelo título mesmo... ^^

    ResponderExcluir
  7. Então mininu-ispetáculuuu inspira assim? Bom muito bom mesmo!Somos assim e assado...companheiras. Ela - D.Solidão - obriga-nos a havermos conosco e dessa obrigação só escapa ileso quem já morreu. Como estamos vivas e sempre Rosadas continuamos a estender nossas mãos. As minhas tens aqui...sempre!
    Beijuuss, amaaaada, n.a.

    ResponderExcluir
  8. [...] Amei o texto, essas conversas com o tal Luck devem ter sido intensas hein? [...]
    Abafa! Abafa o caso! rsrsrsrsr

    Dona Milene, eu tava brincando quando falei de créditos,viu? Apenas compartilhamos da mesma loucura maravilhosa que nos acomete, bem com da mesma sanidade odienta que nos traz para a realidade de novo.

    Beijaço...

    Ps... beijo pra vc tb, Rê.. saudade de ti!

    ResponderExcluir
  9. Existem momentos que apenas nós mesmos
    conseguimos nos entender , é esse encontro
    com nosso eu, com aquela moça do espelho
    que faz toda a 'diferença' ...
    Adoro vc de qualquer jeito.
    Inteira de si,ou perdida em ti ...
    Pois até mesmo a procura de sua lucidez
    és um conjunto perfeito de letras...

    beijos amiga'querida minha !

    ResponderExcluir
  10. A solidão tem o lado bom, faz pensar, refletir, descobrir a si mesmo, mas tudo em excesso faz mal.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Milene!
    Pela enésima bilésima vez, meus parabéns: texto inspiradíssimo!!!!!!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  12. Outros cantos, outras vozes... A vida proporciona ampliar horizontes e abrir janelas, fazendo nascer catarses, como esta!

    Minino de letras bonitas esse Luck e conversas ao pé do msn que acometem outras letras: AS TUAS, querida!

    Teu blog é casa de ótimos textos e é sempre um prazer adentrar, escolher um sofá e começar a ler... Esquecendo da vida!

    meu afeto com laços para os dois!
    Lu C.

    ResponderExcluir
  13. Talvez a solidão que está dentro de você seja para um bom encontro com seu eu. Aí, depois desse encontro e aceitação do que você realmente é, verá que sempre é bom estarmos em lugares alegres onde, nossa alma possa dançar, se alegrar, viver...viver sem sentir dor.
    É como a Déya disse, há momentos que são só nossos, que só nós nos entendemos, ou as vezes nem nos entendemos, mas nos deixamos quietas para uma introspecção, que é muito bom.
    Uma noite linda para minha amiga escritora , que sabe tão bem 'costurar" as palavras.
    Beijos e um abraço apertadinho.

    ResponderExcluir
  14. Fugindo da lucidez?
    Isto você não vai conseguir!
    Aprender a conviver com a solidão é uma arte...
    O blog ficou meio despojado, sem todas aquelas cores e luzes!
    Uma nova fase?
    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Eu ecrevi uma mega mensagem a vc..que fui postar deu erro.
    Interpretei como se fosse melhor não envia-la.
    Te convido a conhecer meu blog.
    Tem vida lá.
    Se gostar..fique.
    Eu vou te seguir.
    Um beijo..Estrela Milene. Sua vocação é brilhar. Não deixe que nenhuma nuvem passageira apague seu brilho.

    Bj

    Ma Ferreira ( mdfbf.blogspot.com)

    ResponderExcluir