sábado, 4 de junho de 2011

O HOMEM QUE MATOU A TV... E OUTRAS TOLICES


Fosse eu evangélica, especialmente da Igreja Adventista como minha irmã, certamente veria algo que prestasse no sábado. Ela, tadinha, já cansou de tentar me convencer que Deus escolheu este dia tão bacaninha para ser guardado, assim como minha mãe ficou tão brava porque eu tinha homéricas crises de riso nos terços que acabou por desistir da minha participação neles. Acho hilário o coro das senhorinhas desafinadas rezando incansáveis.

Mas não é a minha (falta de) religião o tema a ser abordado nessas tão preciosas linhas translúcidas. É o sábado que ocupa a minha mente e o quanto me afronta esse dia petulante. Sinto como se me dissesse: “Qual é, mulher, vai criar raízes nesse seu particular universo inerte? Levanta e age!”

Me irrita profundamente quando me intima desse jeito. Ah, se ele pudesse se materializar só um instante, eu adoraria enchê-lo com umas porradinhas carinhosas. Não chegaria ao extremo de um sujeito fanfarrão aqui do meu bairro, que sob o efeito de umas tantas pingas, prostrado na sua poltrona num fim de tarde de domingo, achou que a gaiatice do Faustão era algo pessoal contra ele. Incomodado, sacou sua arma no melhor estilo Duro de Matar e alvejou a TV. Orgulhosíssimo do seu ato de bravura saiu à calçada bradando que tinha matado o Faustão e queria ver quem era homem o suficiente pra prendê-lo por isso. Perdeu a TV, mas o fofo apresentador iria parar encará-lo com sorrisinho debochado na cara... Pelo menos o aparelho de televisão ele assassinou...

Não, não seria tão extremista. Eu só teria com ele, o sábado, uma prosa sincera, do tipo “fica na tua e segue, vê se me erra”. Ele faz aflorar a minha impaciência para as pequenas bizarrices do dia-a-dia. Por exemplo, passei a semana sem atentar para o evento inexplicável na ABL, cujo homenageado foi o jogador de futebol e não menos importante, dançarino, Ronaldinho Gaúcho. O cara recebeu a medalha Machado de Assis, a máxima honraria da casa. Se ainda lhe restam ossos, o escritor deve estar doloridinho da silva em se remoer de um lado pra o outro, sem compreender tamanha insensatez. Eu um tanto constrangida por ter não ter no meu currículo um número considerável de livros lidos, o cara ganha uma medalha desse porte sem ter lido nem gibis. Me falta esperteza pra entender certas coisas... Ou será excesso de esperteza alheia?

Bem andei pensando em me candidatar a pelo menos um tamborete numa academia qualquer pra ver se cai uma medalhinha Tiririca, qualquer coisa do gênero, mas desisti. Acho meio constrangedor a pessoa lançar sua própria candidatura a seja lá o que for, vou ficar quietinha esperando o Tiririca aprender a ler e apreciar minhas crônicas. Mas convenhamos, essa coisa de premiação é uma chatice desmedida, né não? Acabei de pedir ajuda ao Senhor Google e descobri que o Paulo Coelho é membro da ABL. Perdoem a minha ignorância de MSC (Movimento dos Sem Cadeira), mas desconhecia o fato. Bacaninha isso, o mago milionário é um imortal. Lembrei de quando tentei ler alguns dos seus livros imortais, consegui chegar ao fim de O Alquimista, mas ao chegar Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei, literalmente. Não me recordo bem, mas eu devo ter começado a ler num sábado, com a minha tolerância gigante feito uma ervilha, por isso, ao invés de me empolgar com a leitura, sentei e chorei irritada com aquele papo chato.

Antes que eu profira mais insanidades contra o imortal e sua cadeira, o dublê de jogador e dançarino e sua medalha, vou-me embora com meu azedume não tão nobre, mas igualmente imortal... Tudo culpa do sábado.



14 comentários:

  1. Gente do céu...que vizinho mais sem noção, mulé!
    Tentei deixar o teu sábado mais alegrinho...enviei um convite no 'estilo rap' pra ver se lhe convencia, mas não funcionou...rs... a mim só resta cantar contigo: ..."TODO SÁBADO É ASSIM..."rs

    Bjoss adocicados para ti... minha ídola

    ResponderExcluir
  2. AMÔnimo vai dizê... Préstenção!

    Que "sejê" no dia de hoje.... instaurado um inquérito pra modi prender criminosos ediondos matadores de TVêlizão....
    Que também tomemos a medida de "IXCRUÍR" definitivamente o SÁBADO do calendário ( Foínha ), de maneira que possa ficar mais feliz minha Rosadinha!

    E o resto? AVACAGÁ di cum força o resto... hehehe
    Deusssssssssssskiajude
    Que textásso magavilhozo!!!
    Beijo
    Tatto ( agora AMÔnimo ) kkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. rssssssssss....tens razão...Tem coisas que não temos mais saco mesmo pra aguentar ou ouvir... beijos,lindo SÁBADO,srsr chica

    ResponderExcluir
  4. kkkkk ai ai ai Dona MilenA, oxente que acidez toda é essa menina??? Mas vamos falar sério...
    O sábado nada tem a ver com todas essas coisas que escreveu, caríssima. É calhou né, de hoje todas essas coisas aflorarem nessa cabecinha inquieta e saiu por aí cronicando. E olhe, gostei de tudo que eu li aí.

    Não sabia que Ronaldinhos da vida teve essa honra ao mérito e como vc bem disse: sabe-se lá se leu algum gibi um dia na vida. Arre!

    Olha, o sábado é um dos dias que eu adoooooro!
    Será que ele sabe quem é Quincas Borba? bora lá perguntar pra ele, ué.

    E esse Paulo dos Coelhos.... vixe quem é essa pssoa que ocupa uma cadeira na Academia de Letras?
    QUE PAíS É ESSE??? alguém já cantarolou.

    E esse seu vizinho abestado dando tiros em Faustão e toda globalização.
    VALHA-ME DEUS!
    Eu já falei né... TÁ TODO MUNDO LOCO, OBA!

    O texto? De Milene Lima
    sub texto? para bons entendedores
    personagens do texto? mortais que tornam-se imortais (bah!)
    leitura e comentário? Lu Cavichioli diretamente do blogger com defeito para postar coments.

    bacios amada e vem!

    ResponderExcluir
  5. desculpe meus errinhos de digitação que parecem gramaticais, mas naum vou remendar e quem ler, por gentileza: perdoem essa humilde pessoa.
    fui!

    ResponderExcluir
  6. Às 18:50 deste sábado, nenhum dos aparelhos de TV desta casa foi ligado em qualquer canal - o único em uso (bem atrás de mim) - está por conta de um animado jogo de PlayStation III, capitaneado por meu neto, que xinga a sua parceira - a mãe - pela sua inexperiência. Ela não deixa por menos, e eu me divirto muito mais que quando vejo a programação "normal"(???). Não fosse por isso e eu talvez tivesse assassinado o Faustão, também.
    - Experimente, Mi... bote dois sobrinhos pra jogar videogame, e fique só apreciando a discussão. Vai ser bom pra você e pra Vê.
    - Beijão.

    ResponderExcluir
  7. Milena..vc não existe.
    Ou melhor..que bom que você e existe e escreve essas tantas verdades..que as vezes dá vontade de rir, as vezes dá vontade de chorar..
    Sabado é f.... Nos obriga a fazer algo. Pq é sábado. Nâo dá pra ficar em casa quietinha, pensando na morte da bezerra, tem que se fazer alguma coisa pq é sabado.
    Este fato do Ronaldinho Gaucho.. eu não me espanto mais com nada..nadica de nada.
    Em relação aos livros do Paulo Coelho eu acho chatos e repetitivos..mas eu nem ouso dizer isso.
    Imagina..preciso seguir o rebanho... mas as vezes eu me perco...

    Bj..cheio de admiração..
    Ma Ferreira

    ResponderExcluir
  8. Minha amiga, você é um deslumbre! Eu adoro o teu humor chargiano. A crítica envolta à ironia é algo muito gostoso de ser presenciado, principalmente por aqueles, que como eu, questionam-se a respeito dos mesmo problemas, da mesma roubalheira, do mesmo sábado, das mesmas medalhas e troféus que estão sendo distribuidos por aí, sem mérito, ao menos não naquele âmbito. PelamordeDeus!
    O que me falta é saco pra suportar tais atrocidades! Isso é um sacrifício. Estão sacrificando valores, histórias. Estamos na era do "qualquer carinha bonita é valorizada" (o que, deveria excluir o Ronaldinho Gaúcho, claro), estão deixando de apreciar os que realmente merecem admiração. Se bem que, saber que 'chutar' é com ch, é algo magnífico, e isso ele está cansado de saber! É, ele é mesmo bom de bola, com a ABL marcou um golasso, quer dizer, golaço! Tenho que ter umas aulinhas com ele.

    E o teu vizinho sem noção
    É mesmo um sortudão,
    Conseguiu matar o Faustão
    E não foi interrompido não!

    Hahaha
    Agora me despeço, voltarei em outra hora. Aproveitando que está tão fácil, buscarei minha medalha, agora!

    Beijos, e uma ótima semana pra ti!
    Débora.

    ResponderExcluir
  9. Genial a sua criatividade, para nós "descadeirados"."MSC (Movimento dos Sem Cadeira)," Achei hilário...divertido e sensual, rsrs.
    Eu também não tenho cadeira e nem vou ter, pois nada tenho, nem bens, nem pé na bola, nem "loucuras atravessadas" e também leio pouco. Para eu ganhar uma cadeira só se for "cadeirada na cabeça", (kkk...).
    Brincadeiras a parte...só para não enfartar...
    mas aqui, penso muito feito você.
    Mas não se estresse minha anja amiga... quem sabe um dia teremos o privilégio de ver as coisas no lugar certo não é mesmo?
    uma ótima noite de sábado.
    Um abraço apertadinho.

    ResponderExcluir
  10. Estava assim... com sôdades desse seu ladim agri de ser. E ainda mais quando ele sai desse jeito: humor refinado, ironia inteligente e que me faz dar risadas enxergando a cena toda.
    Beijuuss, amada minha, n.a.

    ResponderExcluir
  11. Eu confesso que as noites de sábado eram ótimas, porque eu ia pro meu "culto" do fim de semana, meu vício semanal, as vantagens de ser DJ quando eu era mais novo, hoje em dia fico mais em casa e sair a noite se tornou uma das minhas profissões, mas ainda é um prazer com certeza, Beijão Mi :-)

    ResponderExcluir
  12. FICO ME PERGUNTANDO SE ALGUÉM CAI DOENTE NO 7 DIA NINGUÉM DA ADVENTISTA AJUDA, ENQUANTO AS TIAZINHAS CATÓLICAS FAZEM ISSO POIS NÃO TEM NADA MELHOR

    ResponderExcluir
  13. Na margem da INQUIETUDE, eu sentei e gargalhei!
    Ninguém me faz rir com tanto gosto como você, Milene!
    Tinha um apresentador da TV americana que ficou conhecido (lá) como "o homem que matou a TV". No caso dele, pelo baixo nível de seus programas...
    Mas, nada se compara a esse cidadão de Arapiraca que meteu bala de verdade na TV! Olha que eu nem assisto ao Faustão, porque senão, dependendo de quantas cervas tivesse bebido, poderia fazer o mesmo!
    Mas, eu acho que o R. Gaúcho podia ser homenageado é pela ABS (Academia Brasileira de Samba), pela desenvoltura que demonstra com um tamborim! Porque nem no futebol tá podendo...ainda mais jogando "naquele" time!
    Mas, para quem se azedou com o sábado, saiu muita coisa boa nesta crônica!
    Aliás, esta podia muito bem estar numa daquelas colunas da revista Veja!
    Quando vão te descobrir?
    Um abração!

    ResponderExcluir
  14. Olá, Milene!
    Que vizinho, hein!
    Bjs!
    Rike.


    P.s.: ficou lindo o novo visual, gostei!!

    ResponderExcluir