quinta-feira, 16 de junho de 2011

PARA FAZER DORMIR A MINHA INSÔNIA


Hoje eu não queria falar de dissabores. Eles existem e se perfazem sem que eu precise propagar as suas existências arrogantes. Hoje não tenho a intenção de ser engraçada, até porque quando se busca voluntariamente isso e não se é um comediante por essência, o resultado é patético.

Eu queria mesmo era cantar pra fazer dormir a minha insônia... Que na verdade nem é a ausência do sono e sim o desconforto físico que afugenta o pobrezinho... Eu bem tento gritar pra que volte, mas essa negociação demora um tanto.

Mais cedo, quando Rodolfo foi dormir, falei pra ele cravar as unhas no sonho e não o deixasse escapar. Em seguida o indaguei se, sendo o sonho fofinho, ele não iria se derramar desse jeito. Rodolfo disse que sim, derramaria cores, música, amores, afagos... Achei lindo isso.  Acho que vou tentar cravar as unhas no meu sonho quando enfim minha insônia deixá-lo se aproximar e talvez coisas bacaninhas assim caiam sobre o meu sono.

Depois eu me despedi da Si, mas não foi de forma tão poética. Eu fui muito deseducada com ela, por merecimento, é claro... E xinguei um pouco também. Ela ficou tirando onda da minha carinha fofa (tirando onda é o similar em nordestinês para “zoando”) só porque eu falei que na sexta vou “tirar” uma ultrassonografia. Chataaaaaaa, pessoas! Agora eu sei que o termo correto é “realizar uma usg”... Mas eu gosto muito da chatice dela. E conto aqui em segredo que estou bem contente por ela estar espiritualmente, devagarzinho, trilhando outra vez o seu caminho. Ela e Deus formam um duo especial (eu quase plageei uma frase feita por ela em parceria com Os Tribalistas).

O DJ, agorinha, disse que ia sair e ler um romance espírita. Uau!!! Falei pra ele fazer mesmo isso, aproveitar o tempo livre e fazer algo em prol do seu crescimento e dessa forma me dar o exemplo. Por que eu tinha que nascer tão preguiçosa, Pai do céu? Mas ele riu e disse que tem também uma tendência absurda a ser Garfield. Aleluia, não me sinto tão só no reino dos amantes da ociosidade.

Tentei falar com a secretária da escola pra dizer que amanhã eu não irei mais uma vez, mas ela caiu antes que engatássemos um papo no melhor estilo “razões de uma funcionária faltosa”... Pelo menos não me podem acusar de não ter tentado dar alguma satisfação. Qualquer coisa, caso haja alguma reclamação mais intensa, posso argumentar como o moço da novela que eu sou “concursada”... Adorei isso.

O Fie também já foi. Nossa, como me faz bem a amizade desse menino. Às vezes penso que nossas idades são invertidas, porque ele sempre tem um caminho a me mostrar, mesmo quando estamos os dois mergulhados nos nossos labirintos interiores, é bacana compartilhar isso com ele. Hoje é o aniversário da mãe dele e eu já pedi que a abraçasse por mim.

A Lu deu-se o título de “bipolar” por hoje. Misericórdia, a mulher é braba, pessoas, imagine no estado de bipolaridade. Mas comigo é sempre um doce... Proseamos um tanto e estou ainda negociando com meus verbos pra tentar oferecer minha contribuição pro desafio proposto lá no Escritos na Memória. Mas já falei pra ela que estou infrutífera e como resposta obtive o seu habitual “haushaushaushaus “... Eu nem sei como se escreve esse troço, porque a minha estimada preguiça me orienta a usar o bom e velho “kkk”.

Agora que já entreguei todo mundo, vou pra cama, cantar pra minha insônia. Amanhã minha mãe vai estar aqui, vem me dar um beijo e tudo ficará melhor. E se alguém pensa que vou ficar constrangidinha por ser o bebê da mamãe, ledo engano... Fico numa fofurice ímpar.

Beijos...

19 comentários:

  1. Azedume não! apenas ócio.... rss

    Qdo conta versos verdadeiros(reais), fica por dimaisê di gostoso ler teus textos!

    Vai báia minina... interagir na real, que a virtual é como sonho... É presente e ausênte ao meRmo tempo... nénão! rss

    Deussssssssskiajude
    E um AVACAGÁ LESGAUS..
    Tatto

    ResponderExcluir
  2. Enquanto divaga, chama o sono e nem percebe...rs.

    Fiquei pensando...será que a força da insônia está na adoção? ela é "tua", logo, te acompanha, pertence...se for expulsa, um cadim que seja, a cada noite mal-acostumada, será que ela se muda de lar? expatriei a que dizia ser minha, não sei pra que planeta foi, mas ajudou pra caramba...rs

    Adoro tua "conversa" contigo mesma, Milene!
    Bjo GRANDE, um ótimo dia!

    ResponderExcluir
  3. - Ah, amada minha... erguerei bem alto meu escudo e acometerei esse dragão infame que te nega o descanso merecido!
    - Ou senão
    - Que outro campeão,
    - De nome cirurgião
    - Extirpe este Dragão
    - Chamado VÊ - né não?

    - Se a musa não me faltar, providenciarei novos acalantos. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi fofurice, fica bem carente mesmo porque além de sua mãezinha, a tchurma toda tá aqui pra te dar aquele mimo que vc sempre merece.

    E para sua amada imortal RR pincelou mais uma de suas estrofes repentistas (e das boas), como lhe é peculiar.

    Que a noite lhe seja leve e teus sonhos adormeçam em tua cabeceira.

    beijo super mega blaster da Lu (ainda) bipolar.

    ResponderExcluir
  5. Até mesmo narrando uma noite (in)sone você
    se mostra puro talento.

    Hoje depois do beijo da mamãe com certeza
    esta melhor nénão?
    Logo mais anoite falamos, sinto falta quando
    não nos encontramos no nosso canal diário..


    um beijo memem querida...

    ResponderExcluir
  6. Como sempre adorei o texto, mas como adoro você então sou suspeito pra comentar, um beijão Mi :-)

    ResponderExcluir
  7. HAHAHAHA Vá 'bater uma chapa cabeça' sua xis novinha ...rs
    adorei seu texto, minha tiradora de ultrassons
    Entregou geral,né... só faltou dizer - SOU DESSAS!
    Beijos!
    ps.sonhe que está pulando AMARELINHA, comigo

    ResponderExcluir
  8. Milene, eu às vezes acordo de um sonho e tento dormir de novo e voltar para ele, mas nunca consigo!
    Tem uma coisa errada no blogger, pois tem horas que eu custo a receber atualização das tuas postagens novas. Mas, quando está tudo certo?
    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Mi..ja somos amigas..posso te chamar de Mi?
    Ultimanente não tido tido insonia.
    Não sei pq ela foi embora, acho que com esse negocio de bloguear estou indo dormir mais tarde.
    Mas vamos aos elogios: Adorei a imagem do gatinho e a mocinha..lindinho!
    Segundo.. Vc escreve lindamente os fatos mais corriqueiros. Sempre com uma dose de humor..
    Vc consegue.
    Vc é "A CARA". Aqui em SP, dizemos ELE é o CARA..mas vc feminina como é..
    Ta vendo..ta tarde, ja to escrevndo besteira..agora só um quarto d meu cerebro funciona.. e minha mãozinha tb..ja ta querendo ir dormir..pintou picasso hj.. Não Interprete mau..vou reescrever.,.
    Hj eu pintei uma ceramica inspirada numa obra do pintor PICASSO!

    Um beijo..Ma ( que é boazinha ), hj resovei fazer graça..rs
    Bj querida, que seu sono venha rapidinho..e vc sonhe com um lindo principe, daqueles parecidos com Richard Gere!
    Ma Ferreira

    ResponderExcluir
  10. Quem sabe esta noite adormece essa inquietação, mais cedo?
    Te trouxe beijo e afeto - e declaro, de novo, minha admiração pela teia maravilhosa com que tece teus argumentos, elabora pensamentos e extravasa sentimentos. Linda_mente!

    ResponderExcluir
  11. Nossa! Cantar pra insonia funiciona mesmo? Essa eu nunca tentei! E olha que tenho crises brabas de insonia desde que me entendo por gente.
    Qualquer dia desses eu tento e te digo se funcionou!
    =D

    Obrigada pela visita e comentario no Contos ou Delírios!
    Pretendo voltar aqui mais vezes tb, agora que descobri seu cantinho!

    ResponderExcluir
  12. Nossa, que noite de insônia agitada e cheia de amizades hein?
    E que delícia ver meu "nome" zanzando por aqui. É sempre bom. =)
    Insônia é um problema que ultimamente, com a graça de Iansã, não tenho tido por enquanto. =p
    Mas sempre que puder lhe farei companhia nessas noites malditas viu? ;*

    ResponderExcluir
  13. Olá, Milene!
    Contar carneirinhos e outros bichos já conhecia, mas essa é nova - e boa!kkkkk
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  14. Ganhei um presente da Acacia Azevedo, do blog: acaciaazevedo.blogspot.com. e quero compartilhar com você por um simples motivo: Este blog me inspira.
    O selinho esta a sua disposiçaõ no beu blog.É só vc salvar e posta-lo.
    A regrinha é vc repassar a oito blogs que inspire vc. E avisa-los, explicando as regrinhas.
    Um beijo com carinho,
    Ma

    ResponderExcluir
  15. tanta coisa pra falar sobre teu texto, mas só posso dizer que fiquei com inveja de sua mãe ir te visitar... inveja boa, claro!


    :D


    bjsmeus, querida.

    ResponderExcluir
  16. Minha amiga, deixei, no "Selinhos & Afagos" do Cotidiano Agridoce, um presentinho para você, simplesmente porque o teu blog me inspira! Espero que gostes.

    Beijos,
    Débora.

    ResponderExcluir
  17. Uma noite movimentada... com tantos parceiros bons de prosa, vai dormir para que? (risos).
    Você é bem-querida, ai fica difícil ir dormir, pois nesse instante do sono, você já faz falta.
    Beije a mamãe bastante,suga dela, todo amor que precisa e armazena em seu coração, para que possa ter sempre uma reserva de carinho, para quando estiver triste. Pois nada melhor nesse mundo, ainda poder beijar, quem nos quer tão bem, e esse amor de mãe...incomparável.
    Um sábado lindo amiga.
    Um abraço carinhoso, se preferir, vários abraços carinhosos...

    ResponderExcluir
  18. Insónia...eterna companheira!
    Abraço

    ResponderExcluir
  19. Você é talentosa até quando conversa consigo mesma. Também tenho insonia,mas, não saberia descrever com tanta graça como voce amiga. Uma beleza mesmo e uma delícia poder esperar pelo carinho de mãe no dia seguinte. Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir