quarta-feira, 29 de junho de 2011

A VIDA FEITO UM POEMA



Sempre foi de minha vontade parir um poema. Me concentrava a escutar o grito vindo lá do meu silêncio e ele toda a vida se recusou a me dizer coisa alguma além de inaudíveis sussurros. Onde estavam os meus dizeres poéticos? Que fossem poemas abortados, que fossem versos roubados, eu queria poemas!  


Parti em busca de caminhos que me levassem a eles. Haveria de encontrá-los. Os passos se moldavam ora bem ligeiro, ora devagar. Era preciso muita atenção porque em qualquer átimo o poema se faria e eu poderia perdê-lo. E eu tinha urgência... Queria poemas!

Desiludida, receei ter caminhado em vão. Não os encontraria esperando por mim feito uma fruta madura pronta pra ser colhida do pé... Eles estão intrínsecos nos próprios fragmentos da vida comum, retratados sob a verve genial do poeta. Meus pensamentos me remeteram aos passeios de bicicleta, nos fins de tarde, do meu vizinho com sua esposa louca, passeios esses que só findaram quando ela foi levada pela morte, após quase 30 anos de casamento. Ficaram juntos um tempo ínfimo, porque em poucos anos sua mente decidiu vagar, deixando ali só o corpo. O homem nunca desistiu de tentar trazê-la de volta e quando se deu conta do insucesso, deixou-se ir um tanto, viveu um pouco a sua loucura... Viveu pra ela, por eles.  Amor, lealdade, dor, insanidade... Eu havia encontrado um poema feito em retratos pela própria vida.

Me dei conta da grandiosidade do poema. Se veste fantasias das mais variadas. É liberto pra dizer a vida em verbos vermelhos de paixão ou frases serenas de amor. Se banha em lágrimas, grita a dor e a delícia, delata a feiura mundana, exalta a beleza de ser. E nessa caminhada, percebi que ele existe onde está a vida em toda a sua complexidade... E mesmo que no fim dessa caminhada eu não tenha parido nenhum, lamberei gulosa a cria alheia e ouvirei com mais clareza os sussurros já um tanto audíveis do meu silêncio.

O poema está logo ali...


  

19 comentários:

  1. A VIDA É UMA POESIA...SIGA OS VERSOS...

    XEROO LINDA

    http://cywmara.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Milene..Quem disse que vc não é poeta?
    Vc é poetiza da vida. Vc coloca emoção nas suas escritas.
    Vc é verdade, vc é amor, vc é sentimento.
    O que é um poeta?
    É tudo isso..
    Continue minha querida poetando lindamente como voce faz, dando a luz a estas lindas escritas que só você sabe fazer com tanto esmero e sinceridade.
    Um beijo..com carinho..
    Ma

    ResponderExcluir
  3. Belo, muito belo. Eu ADOREI!
    Beijos, querida. Au revoir.

    ResponderExcluir
  4. Que beleza de texto e que frase essa do Moisés.
    Sou desses amores meus!
    PS. Voce é meu amor principal.
    Lindeza de palavras, lindeza

    ResponderExcluir
  5. -Mi, deixa de ser besta. Você não me engana com esse papo furado. Você quer é dengo, cafuné... taí a Ma, a Si, a Natalia acarinhando a gatinha manhosa, a poetisa enrustida...
    - Bom, eu também gosto de te acariciar... mas não pense que me engana. Beijão, Miminha.

    - Enquanto tu lambes outras crias,
    - A gente degusta tuas poesias.

    ResponderExcluir
  6. Milene,

    acho que eu já te disse isso uma vez, e não faz muito tempo: você 'É' poeta, poetiza, como queira.
    O fato de escrever lindamente e deixar fluir de dentro de você palavras cheinhas de poesia fazem de você uma poeta!!!

    -POEMA é a forma
    -POESIA é o conteúdo
    isso vc já sabe...

    Poema possui versos (nossa, que novidade...rs...rimados ou não) mas que podem muito bem até ser em prosa, quer dizer, destituídos de POESIA!!! Um exemplo disso é o poema dissertativo.

    Portanto, amiga,
    para parir um POEMA,
    basta você querer!

    Pegue esse seu maravilhoso texto, escrito em forma de prosa (porque não está em versos!) e coloque na forma de versos: é só isso.

    Assim, vc não estará parindo um poema vindo naturalmente, de dentro...vai estar 'confeccionando' um: segredo de técnica que muitos poetas utilizam!!

    eu mesma faço isso, de vez em quando...

    BOM POEMA PRA VOCÊ.

    ResponderExcluir
  7. Bom eu nunca consegui encontrar o meu, mas talvez toda pessoa tenha o seu poema basta saber encontra-lo, beijão Mi :-)

    ResponderExcluir
  8. Ainda desconectada e totalmente perdida,
    rsrs sigo com muitas saudade de ti
    de nós , de ler por aqui de apreciar esta minha poetisa querida .
    Que mesmo sem querer tem poesia nos olhos
    na alma e na pele..

    Memem amada assim que puder falamos ta.
    Mas vim deixar beijo e abraçar ti aqui.
    Um beijo ao querido poeta também o Moisés!

    Daqui a pouco agente se encontra...

    ResponderExcluir
  9. Lindo texto, lleno de sentimiento.! Bonito espacio!.Te envío un fraternal saludo y que la paz quede contigo amiga. Agradezco la amabilidad de tu visita a mi Blog y la gentiliza de tus comentarios.Ha sido un placer visitarte y leerte y un gusto seguirte.

    http://socialculturalyhumano.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Podemos fazer da vida simples de todo dia, uma poesia.E tu o fazes muito bem sempre!beijs,lindo dia,chica

    ResponderExcluir
  11. Sabe de uma coisa? Vou te mimar nauuummm! Sabe de outra? Que tal deixar as nomenclaturas de lado e só fazer isso...escrever...e aí descobrirá o que eu já sabia:"Quando nasceu, um anjo torto (me sussurrou)
    desses que vivem na sombra
    disse: Vai, Milene! ser escrinhadora na vida."
    E estamos conversadas!!! AMOTE minina-ternura.
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
  12. Como o Barcellos já percebeu, essa galeguinha gosta mesmo é de paparicos...
    Se faz de morta pra ganhar flores...
    Se faz de triste pra ganhar amores...
    Ih! Óia eu aí fazendo rima!
    Vixi Maria!
    Abraços, Milene querida!

    ResponderExcluir
  13. Olá

    Há palavras
    contidas em um poema,
    que mesmo
    depois de lidas,
    continuam a ecoar
    em nós,
    buscando seus sentidos
    ou suas respostas
    no melhor
    do que existe em nós.


    Vida plena em teus dias.

    ResponderExcluir
  14. Pois é, enquanto pensas no que pensa que não és, há quem te leia e sonhe em ser como tu: uma escrivinhadora que encanta a alma de quem a ti lê!

    Admira-te da grandeza do poema. Quando te vai dar conta da própria grandiosidade, Mi???

    ResponderExcluir
  15. Adorei seus escritos, poetisa!

    Abração.

    ResponderExcluir
  16. Querida Mi, passei pra te deixar um beijo!

    Nos falamos mais tarde!

    saudade, menina!

    bacio cara mia

    ResponderExcluir
  17. Passei para te desejar um excelente final de semana..
    Sou meio desligada..
    Vc mudou a foto?
    Ta linda!!

    Um bj!!

    MA

    ResponderExcluir