quarta-feira, 23 de novembro de 2011

COISINHAS DE ISABELLA


A PRÓPRIA

CENA 1 - SOBRE A EVASÃO ESCOLAR:

VÓ: - Não vai mais pra escola não, menina?
ISABELLA: - Num gosto mais não.
VÓ (fazendo Freud se contorcer inteiro aonde quer que esteja): Tem que ir senão quando crescer vai trabalhar no carro do lixo. Quem não estuda só trabalha carregando saco de lixo.
ISABELLA: - Eu nem me importo, eu quero carregar aqueles sacos.

Dias depois, lá estavam as duas na calçada quando o carro da coleta surge na rua. A menina não se contém:
- Ei, vocês ‘tão’ me esquecendo... A minha Vó disse que eu vou ajudar a carregar os sacos de lixo. Me levem!

CENA 2 – DA EMANCIPAÇÃO

ISABELLA, deixando estupefato o tio, diante de tamanha petulância para um projeto de gente de apenas quatro anos:
- Sé, sabia que quando eu tiver do tamanho da... da (seus olhinhos desassossegados procuravam dentre as primas presentes a de menor estatura)... Quando eu tiver do tamanho da Marina vou poder fazer o que eu quiser, até chapinha?

Marina, a referência, é uma galeguinha de sete anos bem vividos.

CENA 3 – O ‘GUILO’

Isabella: Tia, ali tem um 'guilo', eu tô com medo, mate ele.
Tia (eu): Mato nada... Ele não vem pra cá não, tá com medo de você também.
Isabella: E eu por acaso sou um fantasma???

Dito isto, tratou de dançar xaxado em cima do pobre grilo pra ele nunca mais ousar achá-la assustadora.

CENA 4 – APIMENTADA

TIA (Eu) – Saia daí, Isabella! (a tentativa do berro era afastá-la de um balde megalotado de gelo e cerveja, o qual ela insistia em mexer.
ISABELLA, mãos na cintura e balançando a cabecinha desaforada: Você nem é minha mãe pra ficar brigando comigo!
TIA (Eu) – Sou sua tia e brigo a hora que eu quiser. Saia já daí, malcriada!
ISABELLA – Você nem é minha mãe e eu nem gosto da sua família...

Fiquei no vácuo... Não consegui bancar a tia educadora e ri muito.

CENA 5 – ADOCICA

Na “Iguêza” Adventista, aonde vai com a família todos os domingos, o pastor pede para que todos fechem os olhos e silenciem para uma oração. Tudo indo muito bem até ouvir-se uma vozinha infantil entoando algo incomum para uma igreja evangélica. Era o projeto de gente se exibindo no altar, cantando “adocica, meu amor, adocica...”

A mãe (minha irmã) desejou esconder ser a mãe da criaturinha cantante, mas foi inevitável, todos vieram comentar a arte da pequena.

Quando ainda se comenta o assunto ela diz:
- Eu cantei Adocica, mas sou “kistã” da “Iguêza” Adventista do Sétimo Dia, minha gente!

Por hoje chega, né?
Beijos...


16 comentários:

  1. rssssss...que danadinha e sapeca essa menininha linda! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkk mas que pimentinha mais linda tem que ter muita concentração para não cair na gargalhada perder a moral para com ela né mesmo.
    beijos perfumados

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkkk... nossinhora!

    Sou fã desse pingo de gente... é muita fofurice!
    Dá para fazer dupla com o meu Arthur... afff!!

    Eita... a critério... ele (Arthur) montou uma banda e falou que ia procurar as dançarinas...a Isabella é uma forte candidata com o "adocica" dela... rsrrs... posso com esses dois não... vixe!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  4. Olá Mi...

    Criança é o melhor estágio da vida e elas nem sabem disso.
    Tem garra essa menina.

    Beijo e meu kandando
    a atravessar tanto mar...

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkk ai que agridoce esta pekena!? Será que teve a quem puxar? rs

    Mas e num é que se parece até umas horas com vc, MI? Nossa, eu achei muuuito parecida contigo.
    E essa mão na cintura como quem diz: " E aí, algum problema??? kkkkkkk
    Fora que é uma gatinha, essa querideza!!

    Manda mais cenas espetaculares, tá que eu tono camarote pra assistir!

    Meu afeto pra ti e pra sobrinha,essa pekena notável: O RETÔRNO! kkkk

    ResponderExcluir
  6. Pedro Bloch adoraria essas aventuras desse "projeto" de gente tão Bella. Que bom que começou a registrá-las, pq o tempo (sempre ele)passa e a gente acaba se esquecendo.
    Beijuuss divididos: uns tantos pro "projeto" e outros para a "concretização"...você!

    ResponderExcluir
  7. Memem


    é tú esculpida e tú também era assim...aposto!!!


    beijocas

    Loisane

    ResponderExcluir
  8. Linda demais essa menina! Não deixa ela fazer chapinha!!! rsrs
    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Quero ver quando ela começar a escrever sobre "Minha tia chata que eu doro..."
    Beijos, tia chata.

    ResponderExcluir
  10. Que menina espoleta!
    Será que está puxando à tia?
    É mesmo muito geniosa e cheia de opiniões!
    E tem uma carinha de invocada...
    Parabéns pela "herdeira"!

    ResponderExcluir
  11. Linda e um génio essa tua sobrinha:)!
    Bjo

    ResponderExcluir
  12. Imaginei cada cena, que lindeza de guria!

    *-*

    Meu afilhado falou, quando era menor, que pra evitar que os mosquitos entrassem em casa, bastava colocar uma placa dizendo "Proibido mosquitos" na janela.

    Rs

    Delícia essa gente miúda!

    Beijos, flor.

    ResponderExcluir
  13. É Milene! Essa menininha tem a quem puxar sim...mesmo ela acreditando que "você não é da minha família", rs...
    Ela é uma mistura de doce com pimenta, de inteligência com sabedoria, de pureza com açúcar.
    Ela é doce na sua pequenez de criança.
    Criança é assim...carregada de sabedorias.
    Uns mais que outros, mas mesmo pequenas traduzem emoções, carregam grandes ensinamentos.
    Adorei todas as suas observações sobre a sobrinha linda, que é a sua cara...penso que você era ela criança.
    Mas o da " emancipação" essa foi demais, kkkk...
    Que Deus mantenha-a sempre linda assim... e que essa inteligência só ajude-a a ser feliz.
    Parabéns a você, que mesmo ocupada, sei, acha um tempo para curtir as coisas lindas da sua família, mesmo "não sendo da família", kkk... acho lindo isso.
    Obrigada por partilhar conosco as suas emoções.
    Adorei.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  14. Me do quanto sorri quando vc me contou
    cada episodio..
    Foram dias em que so vc conseguia fabricar me
    sorrisos rsrs graças a Isabela rsrsr..

    Saudades moça querida que admiro , respeito, e
    adoro muitão...

    beijo beijo beijo.

    ResponderExcluir
  15. Adocica é pecado kkkkkkkkkkkkkk
    Quase morri rindo aki!

    ResponderExcluir