sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

EVERYBODY IS FILHOS DE GOD


A moça no twitter (eu não tenho twitter) disse que lá está virando um vaso sanitário, depois falou assim: “oimacacos – nordestinos, piauienses, cearenses”... A moça é uma gaúcha linda, mas não se constrange em mostrar uma alma tão pobre.

Meu amigo Cláudio ficou indignado e compartilhou essa esquisitice no Facebook, onde já constavam vários comentários dizendo poesia ao contrário pra guria e um deles defendendo a liberdade de se gostar de quem quiser. A moça tem o direito de não gostar dos nordestinos, segundo o comentário.

Lembrei de algo que li tempos atrás, sobre o furor causado pelo simples fato do Pierce Brosnan, o ex-007 charmosérrimo, ser casado com uma gorda. O mundo entrou em cólicas, como seria possível um astro de Hollywood compartilhar as páginas das revistas com alguém tão desproporcional? Sou bacaninha, usei um adjetivo razoável para não reproduzir o que disseram da moça.

Na teoria funciona assim: Todos somos filhos do Divino, somos iguaizinhos, não importa de onde tenhamos vindo, ou ainda que nossas peles gostem de variar as cores, ou nossos recheios sejam de tamanhos diferentes. Pregamos o respeito, a tolerância. Cantamos o amor e a paz... Na teoria tudo é lindo.

Na prática o negócio se faz confuso. Não é novidade pra ninguém o quanto a bestialidade disfarçada de preconceito passeia por aí, sem a mínima intenção de partir. Pra ser bem sincera eu dou de ombros para as campanhas contra o preconceito. É estranho querer obrigar uma pessoa a me aceitar porque sou nordestina, tenho recheio pra caramba e carrego duas muletas aonde quer que eu vá. Tenho certa preguiça de explicar o óbvio. Respeitar e aceitar o seu semelhante deveria ser inerente ao ser humano... Ah, mas sob a ótica do preconceito, há de ser bastante investigada essa tal  semelhança.

Não fiquei indignada com a moça gentil lá de cima. Hoje em dia perco muito pouco do meu tempo me irritando com bestas. Não me escandalizei com os comentários absurdos acerca do casamento da mulher gorda com o OO7, porque é daquele jeito que funciona. Quer ser gorda, sua porca desleixada? Que seja! Mas não se atreva a constranger o mundo esteticamente perfeito com seu físico horrendo.

Só me permiti reproduzir letras amargas porque no final há um indício de que a humanidade não descarrilou por completo. Por que o moço lá no consultório médico aonde levei minha Vê, quando chegou à sua vez de ser atendido, ele disse: “coloque aquela moça no meu lugar. Pessoal, aquela moça vai ser atendida na nossa frente... Alguém tem alguma coisa contra?”. Aquela moça era euzinha, sentada desconfortavelmente a espera do milagre de ser chamada pelo médico simpático lá pelo meio dia. Vestido em toda a sua simploriedade, o homem apenas fez a prática da empatia e generosidade. “Aquela moça” docemente constrangida, lançou-lhe um sorriso grato e guardou feito uma pequena pedra preciosa tal amostra de gentileza gratuita.

Então, é quase Natal.



14 comentários:

  1. "E tudo isso acontece assim di grátis..."
    Não é meRmo minha muletante prediléta...

    Viva a diferença!
    A sociedade continua criando seus próprios monstros.. nénão ?

    Beijo di xodades
    Tatto

    ResponderExcluir
  2. Sou NORDESTINA com muito ORGULHO sua... sua sem NOÇAO!

    ResponderExcluir
  3. Eu já falei que, apesar de ter me cadastrado no Facebook, apenas para acessar algumas obras do Barcellos, não participo de nenhuma atividade em redes sociais, pois parece haver uma concentração de imbecilidade acima do normal, para não falar da espionagem.
    Uma pessoa que quer se achar melhor do que outra com base apenas no lugar onde nasceu (sem ter escolhido) é porque não pode achar outra forma de se destacar!
    Não se atreve a se comparar em inteligência, competência ou em qualquer outra coisa, e por isto inventa um suposto "sangue azul" para destaca-la previamente!
    Geralmente, são pessoas sem fibra, frustradas e inseguras em tudo o que fazem, querendo estabelecer um suposto critério onde alguém estaria previamente em uma casta abaixo delas!
    Não tenho pena de gente assim! Chamo-os para a disputa!
    Venham competir, se se acharem capazes!
    Me envergonha que alguém assim ainda seja originária do meu estado!
    Mas, lixo se acha em toda a parte!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Sou GAÚCHA com muito orgulho e tenho um pai NORDESTINO com muita honra .... como bem disse meu conterrâneo Leonel: "lixo se acha em toda parte "inclusive no nordeste .
    "pré-conceito" existe em todas as raças, EM TODA HUMANIDADE ,aceitar diferenças é coisa pra gente gente GRANDE !
    Ótima postagem !

    ResponderExcluir
  5. “980304”, Senha para o msn, “980305”, senha para o email, “980306”, para o seu facebook, não é mulher virtuosa? Mas a senha “amor” foi insuficiente para entrar no seu mundo, não é mulher virtual?

    ResponderExcluir
  6. aiii Charles é por isso que eu te amo sabia? tenta
    "980307 " ou pede ajuda ao 007 !! ;)

    ResponderExcluir
  7. "Hoje em dia perco muito pouco do meu tempo me irritando com bestas." - Eu também!

    Beijos Gloriosíssimos!

    ResponderExcluir
  8. Segundo Max Weber (fundador da sociologia) o indivíduo é responsável pelas ações que toma... Pela superficialidade ou pela estereotipia, o preconceito é um erro. Entretanto, trata-se de um erro que faz parte do domínio da crença, não do conhecimento, ou seja, ele tem uma base irracional e por isso escapa a qualquer questionamento fundamentado num argumento ou raciocínio. Então, prá simplificar, vou de Xipán: A-VA-CA-GÁ pra essa uma... “moça do twitter” que insisto em desconhecer.
    Beijuuss minha Milene Bunita arrêtada do meu ser!

    ResponderExcluir
  9. Véio Mano e Mano Véio acenderam um brilho no olhar e acho que estão afinando as violas... Deste mato pode sair coelho - uns 777.
    Tem jeito de eu me desapaixonar dessa galeguinha não...
    FELIZ NATAL, MIMINHA!
    E se encontrar outra vez aquele moço educado, diga que ele conquistou um amigo... não, muitos amigos!

    ResponderExcluir
  10. Por conta de boçais como a tal twitteira, os gaúchos seguem sendo vistos como esnobes. Uma coisa é ser bairrista, ter orgulho do nosso lugar, isso eu também sou e não vejo nada de errado. Outra coisa é julgar-se superior por isso.

    Não tem nem o que dizer, flor, gente desse tipo não merece um segundo da nossa atenção.

    Um beijo, lindeza, ótimo fds!

    ResponderExcluir
  11. Isso é muito triste, qdo leio imbecilidades como essa, perco um pouco da fé que tenho na humanidade.

    ResponderExcluir
  12. Oi Mi...

    Vou só deixar um beijinho..
    Parabéns pelo texto e pela capacidade de se expressar tão lindamente...

    Besta tem em todo canto. Infelizmente..

    ResponderExcluir
  13. Ahh Milene, eu digo que as redes sociais estão deixando o mundo mais podre e ninguém acredita. E tb as pessoas acham que liberdade de expressão é a mesma coisa que falta de respeito, não é bem por ai não.
    Incrivel ver que em pleno 20012 quase, com tudo que o homem já evoluiu e criou ainda existam essas barreiras ridiculas.
    É dificil não se incomodar com essas bestas né?! To tentando... juro!

    Beijão!

    ResponderExcluir