sábado, 23 de junho de 2012

ENSOLARANDO



São tantas coisas a serem faladas. Sentemos aqui, nos espalhemos nas almofadas convidativas e apenas deixemos surgirem os assuntos. São sempre tantos, tão bobos e sérios, importantes e frívolos. Os temas nunca vêm sozinhos, trazem engatados feito vagões de trens das emoções o riso, as lágrimas, o silêncio e um barulho ensurdecedor dos nossos gritos. Eu e você temos o dom de escutar os gritos internos um do outro e isso é sublime. Eu e você nem nos demos conta da magia e num átimo havíamos entrelaçado as almas. Suportamos dias de tempestade e saímos pra dançar e beber a chuva toda, quando a chuva vem. Gostamos de sapatear nas poças d’água das nuvens chovidas e gargalhamos, insanos e felizes. Nesse instante a felicidade é dona das nossas almas e firmamos com ela pacto de infinito encontro... Sabemos da inverdade dessa promessa, mas não julgamos mentirosa a felicidade. Ela precisa partir vez ou outra, feito quisesse testar nossa impermeabilidade quando as tempestades forem ainda mais fortes. Quando ela se ausenta de nós, escutamos ao longe os versos cantados do poeta, dizendo “o pra sempre, sempre, sempre acaba” e mesmo assim seguimos dançando nosso sorriso, na chuva do céu taciturno. Eu e você aprendemos a esperançar o Sol, ele sempre surge radiante e lindo, iluminando tudo a nossa volta. Eu e você temos sorte de termos um ao outro...  E podermos sapatear nas poças chovidas. E esperançarmos o Sol que sempre vem. E meramente nos espalharmos nas almofadas coloridas, dizendo piadas sem graça, chorando canções viscerais, verbalizando poesias malditas, benditas poesias! Eu e você adoramos cultivar a paz existente nas nossas almas enlouquecedoramente normais.




17 comentários:

  1. Nossa, nossa, assim eu consigo ficar mais leve. seus textos, como sempre, transbordam simpatia e realidade, são do tipo que se encaixam em qualquer espaço. beijos

    ResponderExcluir
  2. Um amor que adoça os caminhos,
    ilumina os sonhos ,
    e dá vida aos sorrisos...

    Uma cumplicidade que não se explica!

    Senti que um ^A^njo pousou aqui.


    (lindo Mi que seja pra sempre assim)


    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Que legal esse papo.Dos bons!!beijos,lindo fds!chica

    ResponderExcluir
  4. Sou empática a todos os seus dizeres.
    "Sabemos da inverdade dessa promessa, mas não julgamos mentirosa a felicidade."

    Como diria um gremista que anda aqui por essas bandas: Por que eu não escrevi essa frase?

    Beijos,minha lagarta listrada.(4ever)

    ResponderExcluir
  5. Um diálogo a dois que passa pelo tempo das mais sensíveis e doces imaginações, cultivando o amor intimo em uma forma simples e convidativa....

    Lindo Mi....

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Aprendi com as Damas da Noite
    Que a beleza mora no efêmero
    Que a eternidade é transitória
    Que promessas e juras de amantes não são para serem cumpridas como contratos comerciais
    Pois se exprimem no dialeto não-jurídico do corpo e da alma
    E serão sempre invioláveis fora do tempo e do espaço.
    Assim elas me ensinaram,
    Elas, as Damas da Noite...

    Beijo, menina poetisa.

    ResponderExcluir
  7. AAh MilenA, como entendi tão bem essa tua mensagem tão bonita e verdadeira...
    tenho a certeza que as musas encomendaram para você esse papel de sintetizadora de sentires...
    beijo

    ResponderExcluir
  8. Ler você numa manhã de domingo,
    antes de dar uma boa caminhada
    pelo meu jardim preferido,
    é um bom começo de dia.
    Dias bons pra você também.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Boa definição de Tony: "sintetizadora de sentires" é o que és!
    Beijuuss, dominicais, n.a. (vou ali caminhar e quem sabe assim recolho doações rsrs)

    ResponderExcluir
  10. Olá, Milene!
    Sei que parece repetitivo, e é, mas você tem toda razão - como sempre!!!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  11. Poesia horizontal, versos livres... coisa linda isso! Bom domingo!

    ResponderExcluir
  12. Oi Linda gostei muito daqui, cheguei atraves do meu amigo Leonel e ja estou seguindo vc,

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Milene

    Esta paz na alma esperança tudo, a cumplicidade arremata.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Que lindo, Milene. Isso que é cumplicidade, o resto é consequência. Bjs e ótima semana!

    ResponderExcluir
  15. Adorei seu blog, muito bacana.

    Estamos com um super sorteio de lançamento do blog Sempre Charmosas. Participe.

    ResponderExcluir
  16. Voou, fez acrobacias e deu rasantes!
    A mente ficou tonta de tantas voltas e viagens!
    Viagens para lugares e tempos que passamos em algum momento de nossas vidas!
    Bjs, Milene!

    ResponderExcluir