sábado, 20 de outubro de 2012

RIMANDO: TUFÃO, APAGÃO E LIMÃO



A noite de ontem foi de fenomenal paralisação no país, desde a pontinha do Rio Grande do sul, tchê, até... Roraima? Esqueci onde se finda o Brasil. O motivo não poderia ser mais... mais... desimportante?

Sou noveleira sim senhor e abro largo sorriso quando me dizem para parar de ver novela e ler um livro. Ora, o que uma coisa impede a outra? Eu posso muito bem acompanhar novela qualquer e depois mergulhar de pura alma na minha coleção de Bianca/Sabrina, a fim de estimular o meu ser erudito. Lá tem os homens rústicos, fortes, ricos, de peitoral farto, bronzeados e galanteadores, sempre dispostos a salvar do perigo a mocinha encrenqueira, frágil, pobrezinha e meio tonta.

Mas voltando ao apagão da noite de sexta: parou-se tudo para ver os últimos passos de Carminha, Tufão (que devia ter uns cinco anos de idade, tamanha era a inocência), parentes e aderentes. Que mal há nisso? Nenhum, pelo menos não ao meu ponto de vista. Não dou muita atenção para os apelos intelectuais sobre o quanto a TV aberta invalida o nosso pensar, e tals. O meu eu garanto que continua acordadinho da silva e lima. Mas quando eu vejo no jornal (da TV noveleira, é óbvio) que a “Eletrobrás tomará todas as precauções a fim de evitar um apagão no horário de Avenida Brasil”, alguma coisa tá errada nessa joça. Quer dizer, eu sei que muita coisa tá errada, mas não precisa chegar a extremo ridículo, paidocéu! De imediato eu me lembrei de uma história contada lá no Hospital Universitário de Maceió, sobre uma paciente ter ficado por mais de quarenta minutos de bucho aberto, porque a energia elétrica havia saído pra passear, porque o gerador gostava de brincar de esconde-esconde, e o irmão da moça teve que produzir magia para encontrar um outro não se sabe como, salvando a vida da irmã. Corro o risco de me embriagar nos clichês e demagogias, mas é inevitável.

Por que sim, homens e mulheres que formam alma e matéria desse país estão satisfeitíssimos com o pão e circo, pois o resto, as mazelas, as feiuras, já lhe são normais. Por que não vale a pena mexer. Por que eleição é só pra chatear, tirar nos de casa e depois ficatudoamesmacoisa! Por que de política e caos social, basta compartilhar uma meia dúzia de imagens no Facebook, fabricando indignação. Por que está chegando o Natal e vamos todos estar emotivos e abraçadores, e depois vem o Carnaval, aonde os tamborins e atabaques nos distrairão... E depois? Deus tem tudo escrito, foi o que me disseram.

É que eu tentei assaltar uma carga de açúcar para jogar toda na minha limonada, não houve jeito. Restou-me a acidez e música para ouvir. Elas me cuidam. Elas também me ouvem.

E quanto as Biancas e Sabrinas, é bem brincadeirinha meus amigos poetas e escritores. Eu as li demais, sim, confesso descaradamente. Eu jamais as comprei porque achava que era sempre o mesmo moço forte, rústico e bronzeado. E as mocinhas jamais eram gordinhas e muletantes, então torcia pra elas caírem dos cavalos galopantes... Nunca aconteceu.

Minha alma leitora preguiçosa está prestes a ser resgatada das trevas pela Camilinha, que vai me mandar um livro lá de Sampa. Amo esses meus amigos resgatadores de mim.

Chega! Esvaziou-se o copo de limonada,  providenciarei outro.

Beijos azedos, porém cheios de milenidade  (arrasei agora... terei que rir um quilômetro)


23 comentários:

  1. Milene no seu melhor, adorei
    Sabe amiga, você escreve muito e não há limonada que resista mesmo sem açucar...
    beijo

    ResponderExcluir
  2. rsss...Adorei... Também assisti o final ontem, mas como tu, quando mostravam as cenas do RJ vazio, Poa, SP, todos os lugares, parecendo esperar a final da copa do mundo ( ops, falei nela?Credincruiz... foi porque a esqueceste na tua listinha de acontecimentos futuros que nos deixarão como abobadinhos e idiotas esperando que eles façam algo, mas nos engambelarão, com a Copa), ___ tive um ataque, como tu! Onde e como pode isso: Atestado de que está nos faltando muito, mas muito mais... beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. A milenidade é tão insinuante e sugestiva que chegou até aqui. :)

    Tudo de bom para si, Milene!
    Beijo :)

    ResponderExcluir
  4. Vini, vidi... vixi!
    Seguinte: próxima vez me avise quando for resenhar final de novela. Assim talvez eu encontre em mim coragem para desafiar minha preguiça televisiva e vá bocejar na frente da TV. Pelo menos pra ter o que comentar - além dos óbvios, redundantes e merecidos aplausos que deixo aqui.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Jornal nacional - de helicóptero - mostrando nosso país correndo pra não perder o último capítulo; mapeando o mundo e as manchetes dos jornais ao redor dele falando sobre; e eu ratificando-me: tô mesmo à deriva...maior abandonada, pq num tô entendendo nadica! Já vc minha Mi_nina, insistentemente agri e constantemente doce, o meu obriagada...pelas risadas (pode?)que arrancou com mais essa crônica! O papo é sério, bem sei, mas impossível não rir nas entrelinhas..." parentes e aderentes".
    Beijuuss

    ResponderExcluir
  6. Adorei os aderentes, como a Rê....e se enfileirasse minhas Sabrinas/Biancas e Sidney Sheldon, dava pra viajar longe, visse???...rsrsrs

    Agora, a tua indignação como sempre a gente bebe aos goles e até o fim, sem pausa pelo caminho - e a tua inspiração desenha o panorama que é geral, mas parece meio muda, quase surda e cega a expressão daquilo que as palavras se recusam a mostrar...que bom encontrar nas tuas!!!!

    Vc arrasa sim, Mi...eu aplaudo!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Ah esses meu amigos cronistas! Não seria ninguém sem eles!
    Mi, não sou noveleira, sou das séries americanas, não tenho vergonha de dizer, atualmente assisto mais de 9, acompanho de verdade, mas ontem fui ver o motivo da paralisação brasileira!
    Achei o final bem bacana e um pouco diferente dos que eu costumava ver quando via novelas, mas daí a parar tudo como ontem achei meio louco, se bem que quando voltou a temporada de The Walking Dead na TV eu faltei da aula para ver porque eu perderia o começo! uhauahuahuhaauhauha

    Cada louco com sua mania né?! kkkkk
    Beijão...

    ps: Vou mandar mesmo um livro pra vc, vou te resgatar kkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Adorei o post!
    Acompanhei o final da novelinha também e não achei lá essas coisas para essa paralisação toda. Não consigo entender o por que de todo esse circo, mas vá lá.
    Tá, confesso... me emocionei um pouquinho com alguns personagens, mas só um pouquinho ;)

    Bejus

    ResponderExcluir
  9. É "DIVINO",não o futebol clube claro, ver essas tuas postagens. Me se sinto meio receosa diante tão bons comentários de postar algo, mas ao mesmo tempo bastante à vontade pois por conhecê-la tão de perto e há tanto tempo(ui, esse tanto tempo é meio revelador)sei que vem muita coisa surpreendente de tão boa pela frente, essência não faltará, que vem desde os tempos de rouba bandeira, lembra? passando lá pelas "baladas" dançantes na Casa do Seu Luís, orgulhosamente meu sogro, até os dias de hoje, onde motivos não nos falta para ficarmos juntos. E é isso.
    Bjão

    ResponderExcluir
  10. E o mundo tem jeito? Ou ficaremos nesta dose de limonada azeda misturada aos clássicos que citaste como Sabrinas e Biancas que também ja fui leitora assídua sempre ultrapassando alguns capítulos para que o fim chegasse mais rápido. A novela foi emocionante, rsrsrs, mas não ao ponto de parar o o Brasil ...afinal...carminha foi pro lixão e tudo acabou no divino...

    Beijos...:)..

    ResponderExcluir
  11. Sair da novela e cair nas páginas da Sabrina e Bianca foi de arrancar risos. Essa novela ainda vai render muitas materias jornalisticas. Bjos.

    ResponderExcluir
  12. Olha eu achei um absurdo essa história de que poderia haver um apagão no horário da novela, achei que isso foi puro marketing pra dizer que a Globo é tão poderosa que uma simples novela sua pode mexer com um país inteiro. Sinceramente poucas vezes assisti essa novela, se bem que era impossível não saber da novela já que estava na boca do povo. Não sou contra a quem deu essa audiência estrondosa pra Globo, eu só fico pensando que quando o assunto é o bem estar do nosso país as pessoas não se mobilizam desse jeito ao ponto de parar tudo que estão fazendo em prol de uma causa. Gostei da novela nas poucas vezes que assisti, não parei pra ver o final, até pq eu já sabia como acabaria antes mesmo de acabar. Mas eu acho que o conceito do povo brasileiro sobre o que é realmente importante ta muito errado, ninguém da essa audiência toda pra acompanhar o julgamento do mensalão, pra protesta, lutar pelos nossos direitos, em fim... Mas a novela foi boa, tanto que parou o país inteiro.

    Abraços

    ResponderExcluir

  13. Olá Milene,
    Acompanhei o final da novela, e achei que ficou muito ponto soltos, muita coisa sem finalizar.
    Final de novela ser tratado como um final de copa do mundo pra mim é o fim da picada. Estavam com medo até ter apagão na hora da novela. Dizem que a Presidenta Dilma até desmarcou uma entrevista que ia dar na Bahia.
    Acho que essa novela ainda vai render muita materia.
    Esse é o nosso Brasil, o povo saindo do trabalho numa correria pra ir pra casa ver um final de novela global risosss.Ai tem coisas!


    Depois de um tempinho ausente aqui estou pra matar a saudades...


    Deixo um grande abraço, com desejo de uma ótima semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. O Brasil parou mesmo, Milene. E você até não acreditar, mas teve um pico de luz no meu bairro na hora do Globo Repórter. Também acho ridículo esses intelectuais que menosprezam novela como se assistir a uma faz a pessoa mais burra. Ver não impede o ler. Gostei do texto e você tem razão, quase ninguém liga para as mazelas do país, muito menos os políticos. Mas a novela não tem culpa. Bjs

    ResponderExcluir
  15. A poderosa rede plim-plim se retrolimenta e acaba dando resultado!
    Muita gente que nem acompanhou a novela, ou só viu alguns capítulos esporádicos acabou querendo ver como terminava!
    E o folhetim global ainda teve um marco: conseguiu tornar charmoso ser chifrudo!
    Sempre ouvi dizer que "pra corno, todo castigo é pouco". Pois não é que o Brasil inteiro se amarrou no Tufão, o maior "antenudo gente boa" do patropi!
    Ser "intelectual" a ponto de ignorar o que grande parte do país está lendo ou assistindo eu acho meio esnobe...Pode-se ver algumas falhas no roteiro e aqueles clichês característicos das telenovelas, mas tem uma enorme galera que curtiu, gostemos ou não...
    E você, não ficou com vontade de morar em Bangu e beber umas cervejinhas naquele boteco, comendo algum "engasga-gato" do cardápio?
    Beijos, minha galeguinha querida!

    ResponderExcluir
  16. Sim, os valores andam invertidos, todos de cabeça para baixo. Mas a vida anda de mãos dada com a mesmice, de modo que todos procuram algum prazer; porque da vida se busca sensações que nos mantenham vivos.
    E que venham milenidades para nos fazer viajar sempre em doces ou amargas limonadas!!!
    Adorei tuas observações, Milene! Abraços.

    ResponderExcluir
  17. É impressionante como a mídia exerce seu poder paralisante sobre grande massa não pensante. Oxalá um dia nos mobilizamos por coisa séria.

    Abração Milene!

    ResponderExcluir
  18. Adorei, "terei que rir um quilômetro"! Também quero rir um quilômetro, posso fazê-lo junto contigo? Eu cansei de ler os referidos livros na adolescência e confesso que foi uma das minhas portas de entrada para a leitura, e quer saber? Há dias em que estamos tão cheios de realidade nua e crua que ler um livrinho fácil e clichê como esse pode ser uma boa ideia. Ótima semana!

    ResponderExcluir
  19. Não tem jeito, sempre que venho aqui e leio suas coisas me divirto com o jeito de escrever...Um abraço e obrigado por botar os pés na vale uma vez ou outra.

    ResponderExcluir
  20. Permitido, sim. A honra é minha ter um texto meu compartilhado por você, minha cara. Abraços.

    ResponderExcluir
  21. Aiiii já to morrendo de saudades da Carmiiiiiiiiiiinha, Carmiiiiiiiinha!

    Ela mexia conosco, adrenalina pura!

    Bjs

    ResponderExcluir
  22. sou noveleira assumida, mas sempre assisto só a das 21 hs pra não perder muito tempo em frente à televisão. Muito boa a novela que terminou. excelente!
    e teu post bem irreverente está demais! adorei! beijos

    ResponderExcluir