quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

NÓS E ELA


Há sempre um poema a ser concluído.
Assim como sempre existirá uma flor a ser ofertada.
Sempre haverá uma mulher com seu sorriso enigmático
como uma tarde de outono a ser decifrada.
Há no meio da noite esse peito aberto
onde todo o espaço é pequeno pra guardar nossos sonhos.
Os mesmos que entram por nossas janelas 
e sinalizam  um futuro.
A vida, toda ela, é feita de esperança.

Feliz aniversário, Simone.




 ESPERANÇA

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas tocarem
Ela vai Atira-se
-  Ó delicioso voo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
- Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
- O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...



(Mário Quintana)




Que se encontra alguém pelos cantos da vida, com quem se compartilha tantas afinidades e diferenças, a não se ter dúvida de que são pedaços importantes das mútuas existências. E quando há a conspiração e se dá o encontro, o choro e as grandes emoções imediatas dão lugar ao sorriso casual e alegria de quando se vê um amigo todos os dias. Feito quem sempre esteve presente nos momentos felizes ou não tão bacanas assim... Que é como se, naquela recepção de hotel a alma dissesse: “Pô, você demorou que só, bora tomar café da manhã?”... E num instante as bobagens, risos, implicâncias que se davam pela conveniência de um computador, acontecem exatamente como o coração toda a vida anunciou. E a amizade é tão linda e simples... basta apenas ser! E andar em círculos, perdidas feito duas crianças num caminho óbvio, se torna diversão inesquecível. E se tenta inutilmente explicar que o que se risca em desenho de giz, para percorrer em pulos de um pé só, é avião e não amarelinha.  E se quer pra sempre ser lagarta listrada a ver o mundo lá de cima, nas ruas das nuvens, levada pelo bico e asas de uma passarinha que quer mostrar um mundo cheio de boniteza e poesia. Que mais uma vez se pode sorrir e pensar: a amizade é tão linda e simples, basta apenas ser!


Por Milene, a lagarta listrada.

São Paulo (ele)/ Arapiraca (eu), 26 de dezembro de 2012, altas horas da madrugada.


17 comentários:

  1. E que milagre ver a lagarta listrada se transformando em borboleta, e sendo, apenas sendo! abraços

    ResponderExcluir
  2. Tu és demais, lagartinha listrada! Sabe que sempre que te vejo nos comentários dos blogs amigos, me divirto com teus comentários... beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Amo lagartas! Que post encantador... como sempre!

    ResponderExcluir
  4. SEE
    See, I love you.
    And in my darkness,
    Your love glimmers on to me
    Like a ghost.
    I love you... See.


    Sí, te quiero.
    Y en el oscuro de mi vida
    Tu amor reluce para mi
    Como un espectro.
    Quierote... Sí.

    SI
    Si, te amo.
    E na escuridão em que vivo
    Teu amor reluz para mim
    Como um fantasma.
    Te amo... Si.

    Cara Simone Fernandes
    Por onde quer que tu andes
    Meu verso te seguirá
    Pra te dizer da alegria
    Que ilumina este dia
    Que um ano mais te dará!


    Feliz Aniversário, minha querida. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Lindas essas notas amigas...Si e Mi. Como é possível fazerem tantos sons? Descobri..."a amizade é tão linda e simples, basta apenas ser!" Simples e lindo assim. Beijuuss de felicidades pra Si e outros tantos procê Mi

    ResponderExcluir
  6. A amizade é bonita de se viver, de ser e de se ler. Lindo, Mi!

    Beijos e feliz aniversário à aniversariante!

    ResponderExcluir
  7. a vida só faz sentido
    por motivos assim tão
    fortes e puros.

    meninas lindas...parabéns às duas.

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Uma bela mensagem conjunta!
    Em prosa ou em verso, a amizade merece ser cantada!
    Parabéns, Milene!

    ResponderExcluir
  9. Eu me sinto honradíssima!
    Obrigada a todos que comentaram aqui que me conhecem e que me conheceram através das escritas desses meus amores. Essa é a balança da vida, quando completo mais um ciclo e reflito sobre o que é viver e vejo através dessas expressões de vida como sou amada e querida. Então, concluo que valeu a pena!

    Me emocionei, mas não uma emoção balela, emoção rasa de orgulho por ver meu nome mencionado. Mas, uma emoção que é tão verdadeira quanto todas as vezes que te odiei por alguns segundos pra depois te amar mais ainda. A emoção de saber que vc de tanto me amar dividiu seu grande amor comigo, Moisés Poeta, que tbm amo e admiro. Enfim, continuas sendo a minha lagarta listrada e sim, sempre estarás presente no meus vôos mais altos! O Poeta bom, meu bem, poeta louco que consegue decifra minha alma em segundos. Vocês são sopros divinos na minha vida. Ama-lo-eis por muito tempo ! Tipo, só enquanto eu respirar.

    ResponderExcluir
  10. Milene, que excelente postagem! Amizade basta apenas ser mesmo, verdade maior que essa não há! Ah, e parabéns à Simone! Beijão e não te desejo ótimo ano novo pq volto aqui antes! rs bjssssssss

    ResponderExcluir
  11. E é por isso que considero a amizade o mais belo dos sentimentos. Ela se basta e é simples. Não requer esforço porque surge do nada e se instala de forma definitiva. Não usa qualquer pintura, não se quer camuflar. Eu a tenho como parte da verdade que existe em cada um de nós.
    Parabéns à Simone, por mais um ciclo que se inicia em sua vida! E a você, pela forma linda como se manifestou. Grande beijo!

    ResponderExcluir

  12. Entrou em meu espaço e não deixou nem um beijinho? (buéeeeeeeeeeeeee!!)
    rsrsrs.
    Amo esta "Esperança" de Mário Quintana.
    Muito linda sua manifestação, principalmente a frase: "a amizade é tão linda e simples, basta apenas ser!". É assim que vejo a amizade: simples, compartilhada, espontânea.
    Parabéns à Simone!

    Beijos carinhosos para você.

    ResponderExcluir
  13. Este poema-comentário
    É coletivo, ao contrário
    De outros, individuais;
    Feito com tesoura e cola
    Como um trabalho de escola
    Para afixar em murais.

    Tantos amigos eu tenho
    E a todos eles venho
    Desejar bom Ano Novo
    Repetindo com preguiça
    Esta mensagem postiça:
    Bom recomeço, meu povo!

    ResponderExcluir
  14. Uma dupla bonita vcs fazem, eu pude ver, pude sentir...a amizade é essa coisa simples de simplesmente ser...que assim seja, listrada e voadora, ambas se complementam e enternecem quem as vê (e sente).

    Bjos pras duas!

    ResponderExcluir
  15. MiLi, minha amiga! Você escreve bem porque bebe de ótimas fontes! Mario Quintana é muito bom!

    Parabens minha amiga! Rsse post foi uma delícia de ler!

    ResponderExcluir
  16. Milene, bem pude imaginar que leria belezuras quando vi dois poemas tão encantadores na abertura! Lagarta listrada me lembra Alice no país das maravilhas, que eu adoro de paixão! A amizade é simples quando é verdadeira e nos faz voar por céu tranquilo onde as tempestades passam rápidas (e seguras).
    Quero desejar que seu 2013 seja assim, um voo seguro e lindo sobre o céu dos seus sonhos, que consiga colhê-los (mesmo os mais altos) e trazê-los seguros para o chão da vida, feliz. Um abraço, gosto de você!

    ResponderExcluir
  17. Só lindezas!!

    Bejus para a lagarta listrada!

    ResponderExcluir