terça-feira, 3 de dezembro de 2013

DOS DIAS ESPECIAIS, E TAL...


Pois não é que hoje é um daqueles dias especiais que só? Coisa que ouvi por acaso que em três de dezembro se comemora o dia do deficiente. Comemorar é força de expressão, né? É no mínimo meio esquisito se comemorar deficiência, penso eu e penso por mim apenas, sem carregar bandeira porque minha tendinite de dor de cotovelo não permite.

Sim, eu sei. Não é dia para comemorar e sim para conscientizar. Gosto dessa coisa conscientizadora de hoje, onde o sujeito é obrigado a engolir a seco o próprio preconceito com o outro que é diferente dele, que tem certa ou muita limitação, que pode esteticamente não ser a coisa mais linda de se ver. Ou você aceita isso com um sorriso nos lábios, meu caro, ou então a lei lhe empurra a tolerância goela adentro. Tudo na mais perfeita correção política, é claro. E disfarçando a nomenclatura, porque adequar a arquitetura é mais caro e dá um trabalho gigantesco.

Eu só sei que cutuquei a solidariedade cristã no Facebook, reclamando da falta de scraps para o dia especial, pois viv’alma não havia me dito um “feliz dia do deficiente”, para eu singelamente mandar se lascar, e coisa e tal. Então os meus queridos lançaram por lá os afagos scrapeiros. São uns lindos, são sim... Sabem quando eu seriamente brinco só pra ganhar dengos. Essa imagem, inclusive, foi um retrato meu depois de uma dieta (sem) massa, que Denise me levou.

Eu não sou de me aproveitar da minha condição para conseguir isso ou aquilo, jamais! E chantagem emocional é coisa que também nunca lanço mão. Na escola, por exemplo, nunquinha falei pra Cicinha coisas como “você vai se negar a pegar um copo dágua para uma pobre deficiente?”... Isso iria contra os meus princípios, meios e fins. E também quando ela ou outra pessoa por descuido deixa minhas pernas adicionais um pouco longe de mim eu não costumo ameaçar de morte ou execração pública, tipo tirando fotos e fazendo postagens com um teor “vejam como o deficiente é subjugado nesse país”. Sou uma pessoa de bom coração.

Acho errado isso de se fazer valer o “status” de deficiente para conseguir benefícios quaisquer. Tá, certa vez eu fui recadastrar o título eleitoral e fiz a moça me atender no carro, com uma cara de choro digna da Regina Duarte no seu auge namoradinha do Brasil, dizendo que caminhar até o local seria dificílimo para alguém como eu, mas foi só um vezinha de nada. Na maioria das vezes eu vou, caminhando e cantando, eu vou.

Agora eu tenho que ir comemorar os poucos minutos do meu dia especialíssimo. Vou-me antes que me apareça outra vez a vagina falante no Facebook. Vocês não souberam? Pois não é que ontem, enquanto fuxicava tranquilamente a vida alheia na página social mais lasqueira da internet, aparece do nada um vaginão escancarado, dizendo “siga-me”? Espantada fiquei eu a ponto de voltar à imagem umas vezes para ter certeza do que de fato se tratava. Era um vaginão botocado, sim senhores. A proprietária da coisa protuberante convidava a todos para segui-la pra onde bem se imagina. Senhor Facebook está passando dos limites oferecendo essa visão duzinferno em plena e singela tarde de primavera. A poesia, cadê? Ao esmiuçarem as redes sociais por aí, muito cuidado, uma vagina pode pular na sua cara... Se bem que os moços não reclamariam da presepada, suponho.

Fui-me!



13 comentários:

  1. Milene, não te aguento! Entremeias falas sérias com brincadeiras e isso te torna assim querida. E esse vaginão botocado?CREDU IN CRUIZ! Quase não ando lá e não vi,ainda bem! rs beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Seu jeito de fazer críticas me encanta!
    Fiquei pensativa com essa cousa que vc falou de sermos obrigados a engolir todo e qualquer preconceito goela abaixo. Interessante isso!

    Ah Parabéns nessa data já é estranho, atrasado então. .. mas lá vai:

    PARABEEEENS MINHA AMIGA PELO SEU DIA. PARABÉNS (SQN)

    ResponderExcluir
  3. Alguém me explique o que é "deficiente". Acho que é alusão ao Vasco e ao meu tricolor. Quanto á mascote do Face, recomenda-se: EVITE DORES DE CABEÇA! VÁ TOMAR NOVALGINA!

    Você é demais! Beijo!

    ResponderExcluir
  4. [te amo chantagista de uma figa.


    muito mesmo]


    beij0

    ResponderExcluir
  5. [ ah! gostei do layout.
    me lembrou as cianinhas
    da minha infância]

    ResponderExcluir
  6. Vc é uma escritora espetacular, mesmo em escritos que poderia ter uma visão séria, vc desenvolve com tanto bom humor que quem ler se encanta. Como foi dito lá no Face, deficientes são todos, especiais são poucos. Vc é pra lá de especial. Depois desse afago sincero, quero minha calói no natal.

    ResponderExcluir
  7. Num guento ocê naum Min_nina! Desses dias, bem sabe,tofora...mas não abro mão de "chantagens" pra arrancar afagos rsrs Fiz isso lá no face da Si rsrs e por falar nele...eu hein? Vagina falante pedindo sigam-me??? kkkkkk eu hein?! Vc me faz sorrir sempre e sou-lhe gratidão SEMPRE!
    Beijuuss risonhos

    ResponderExcluir
  8. Eu deixo a Caloi pro Eder, mas as palavras dele cabem todinhas aqui no meu coment...
    ADORO te ler, e adorei ver a ilustração trazida por ti... ah, Mi... coisa boa ter conhecido vc!!!
    Tenho dito, moça querida, escritora das boas, amiga das melhores e alagoana arretada (sem comentários sobre a tal vagina....kkkkkk)
    Ái lóviúúúúúúú!
    Bjo

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente a maioria não tem a sensibilidade necessária para viver em comunidade. Falta respeito, sim, mas acredito antes, falta sensibilidade! abraços

    ResponderExcluir
  10. Ao longo dos tempos fomos conseguindo muitas conquistas em relação aos portadores de necessidades especiais. Eu acho excelente ter um dia para ser comemorar estas conquistas, mas devemos estar conscientes que os deficientes devem e precisam ser respeitados todos os dias... aliás o respeito deve existir em tudo.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Os mais deficientes são os não portadores de deficiência que não enxergam necessidades básicas, como locomoção para cadeirantes, por exemplo. Bacana ser lembrado em um dia do ano. É o resto dos dias?
    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Hahaha imaginar o "vaginão" foi tétrico!

    Parabéns atrasado Mi, não pelo dia do deficiente, mas por ser quem você é, essa pessoa cativante, inteligente, bem humorada, sábia, e tudo mais (que é muito e cansa pra escrever tudo), mas você sabe do que falo. Falo das pessoas que sabem viver, e viver não é ter tudo direitinho como deveria ser, mas é ser por inteiro. Você é por inteiro e um pouco mais.

    Beijão

    ResponderExcluir
  13. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Você é ótima, Milene! E imaginei sua atuação como Regina Duarte!!!! Mas o melhor foi o vaginão! Nem consegui imaginar sua cara vendo a 'nova amiga'.

    E não foi te dar parabéns pelo dia do deficiente, mas pelo seu humor ácido, pela sua inteligência e por ser essa pessoa ótima que vc é. bjs

    ResponderExcluir