sexta-feira, 7 de março de 2014

LETRAS DE MARÇO

Ainda estou “folheando” as páginas eletrônicas do arquivo em PDF que recebi por e-mail há dois dias. A propósito, tenho certo preconceito contra esse tal PDF, porque me lembra o PDS dos tempos em que se vivia a ilusão de que por aqui existia uma má situação política e uma oposição promissora. No fim, depois, eles invertem os papéis e desempenham atuações magistrais, sejam lá em que posição for. Magistrais para seus próprios umbigos escrotos e egocêntricos, é bom salientar.

“Escroto é uma palavra chula demais para o seu vocabulário, Miminha”... Disse-me ele uma certa vez quando escrevi pelos cotovelos as asneiras de sempre. Então extirpei o escroto do texto porque sou semifina, semimeiga, semifofa... semi. Dessa vez o escroto se encaixa direitinho no assunto citado. Há, afinal, coisa mais desalinhada de fineza e retidão do que as práticas políticas? Não, né? Mudemos de assunto, por enquanto. Mas depois, mudemos de atitude e exterminemos os bichos escrotos das cadeiras que são da nossa responsabilidade e vigília. Mudemos.

Deixemos pra depois porque agora o assunto por aqui é imensuravelmente mais bonito e lírico. O “ele” citado lá em riba, o que mandou o e-mail e o arquivo pedêefizado, pleno de poesia e amor aos amigos através dos versos. Não vou resenhar o escrito porque essa técnica eu definitivamente não administro com competência. Só digo, apenas reitero, grito aos sete ventos a minha admiração por esse homem que devia receber a visita da poesia personificada e ter por ela as suas mãos beijadas em agradecimento por tanta dedicação e afeição. Rodolfo ama a poesia como poucos e a ela dedica seu tempo e inspiração.

Rodolfo mima seus amigos com seus versos rimados, de métrica perfeita e tanto zelo. Rodolfo ama os seus amigos e cuida deles do jeito que pode. E há jeito mais bonito do que abraçar a quem se ama usando as mãos da poesia?

Folheando o arquivo pedeefizado não foi possível dizer aos olhos pra não marejarem. Estou lá, lisonjeada e metida, em tantas citações que me causaram emoção. Estamos lá, um bocado de amigos afagados pelas mãos do bruxo mais incrível que já se esbarrou por essas esquinas poéticas. Estou também num pedaço de texto no qual ele fez o primeiro comentário aqui no meu blog empoeirado e desde então nossas mãos estão entrelaçadas. E ouvi-lo dizendo das minhas letras me faz até acreditar que eu realmente posso ser boa nisso.
A finalidade dessa aparição é tão somente dizer da honra de compartilhar da amizade e infindável sabedoria desse homem. Sabedoria sem arrogância, sabedoria por si só, generosa e proliferadora.

E quem sabe um dia, por aqui ou acolá, ainda nos vejamos e choramos tudo de novo... Que se cumpra!




14 comentários:

  1. Milene, fofa e meiga (sem o semi), uno-me a você nos merecidos elogios que faz ao grande poeta. Presentear com versos é uma das grandes qualidades dele. Sensibilidade, cultura, conhecimento do ser humano, não lhe faltam. Daí o carinho sem tamanho que também lhe dedico. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Linda carinho e Rodolfo esbanja-o sempre.beijos tudo de bom, abração ao Rodolfo também! chica

    ResponderExcluir
  3. Oi Milene ou Semi, já não sei mais quem é quem.

    Tive que rir ao ler sua analogia entre o PDF e o PDS. Lembro-me do tempo de PDS e Arena, que ao final juntando os dois não dava um que presta, farinha do mesmo saco dizia minha avó. Tomara que ninguém use sua analogia e crie um novo partido PDF (Partido Democrático Federativo) Já pensou? Mais um para sugar verbas públicas?

    Quanto a homenagem, mais do que merecida, e como é bom receber homenagens sinceras e verdadeiras.
    Abração.

    ResponderExcluir
  4. Então estas poetizando?! Hehehe

    Lindo texto e saiva que essa opinião vale mais do que uma resenha.

    Beijos menina semifina!

    ResponderExcluir
  5. Nosso velho mago dos versos realmente vive se superando em criatividade, inspiração e sensibilidade!
    E reserva sempre um cantinho para cada amigo...
    Ainda mais para os especiais como você!
    Bj, Milene!

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga,

    Junto-me a voce e a todos os presentes, porque Rodolfo é um grande escritor, pessoa sensivel, maravilhoso amigo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. OI MILENE!
    MUITO BONITA TUA HOMENAGEM AO RODOLFO, PESSOA COMO BEM O DIZES, GENEROSO E AMIGO, PORTANTO MERECEDOR.
    QUANTO A TI, SE ELE SEMPRE TE RESERVA UM ESPAÇO LÁ NO "SETE RAMOS",DEDUZO QUE, MERECES TAMBÉM AMIGA.
    UM GRANDE ABRAÇO POR NOSSO MERECIDO DIA.
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Politicagem é blefe
    Eu dou razão a você;
    Meu arquivo é PDF
    Mas não é FDP.

    Beijão, Miminha.

    ResponderExcluir
  9. Olá Milene,

    Uma homenagem carinhosa e muito merecida.
    Admiro muitíssimo o Barcellos e a sua capacidade ímpar de poetizar com beleza e elegância. Acho lindo este carinho que ele distribui aos amigos através de seus comentários poéticos, plenos de carinho e delicadeza. Adorei a oportunidade de ter cruzado com ele neste mundo blogosférico.

    Belo texto.

    Beijo e ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  10. Que bonita homenagem, Milene. Não conheço o Rodolfo, mas pelo seu texto e pelos comentários daqui ele é incrível. Que bacana! Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  11. Como é bom retornar com a internet e visitar a semi agridoce Mi_nina e os outros amigos! Semi? Eu hein?! Você é todinha amorosidade...pelo menos pra mim...e tenho dito! Ainda não tive chance de abrir o arquivo e ler. Farei amanhã (espero) mas enquanto isso leio os comentários, aqui e ali, desse Bruxo amaaado e sua poesia que sempre afaga nossa alma.
    Beijuuss totais nocê

    ResponderExcluir
  12. [ texto amoroso para um Poeta incrível]

    Beijo semifina lele

    ResponderExcluir
  13. Milene, fiquei tão preocupada quando li seu comentário. Aquela foi uma impressão baseada em uma observação de alguém que o julgava elitista, que vi em um blog amigo, quando ainda não o conhecia, e que me fez elaborar um desenho torto dele (rss). Por isso fui ver quem era e constatei que estava enganada, desenvolvendo enorme carinho e admiração pelo poeta. Nossa, que susto você me deu. Bjs.

    ResponderExcluir