domingo, 15 de junho de 2014

DA NATUREZA DO DIA


“A chuva me cinza”... Não é minha essa frase linda, que eu retirei da poesia de um moço talentoso aqui do meu estado e trouxe pra abrir essa postagem, porque o domingo está assim meio coisado, sem dizer direito pra que veio.

Por lá não coloquei sequer a ponta do nariz, lá pro domingo do lado de fora. Tem um frio estranho comigo, uma tosse que se tomou de amores e reluta pra ir embora. Mas, mais tarde vou tossir alto pro domingão, que talvez recolha o cinza, que talvez se mostre num azul bonito, ainda que efêmero.

O esperado era falar de bola, e estádios que serão futuros quintais de pombos, e poesia às avessas pra presidente. O esperado, porém, tende a ser chato e repetitivo, pior que disco arranhado na vitrola, porque lá era só dar um toquezinho na agulha e seguia uma música linda pra fazer dançar a alma. Está tendo copa e gols incríveis como os do holandês lindo Van Persie. Continuará tendo problema e injustiça social nesse país, com ou sem copa... é assim que o povo pensa e aceita.

O inesperado é que é bom de acontecer, mesmo quando é miudinho, vestido numa camisa verde-esperança e trazendo há poucos minutos uma florzinha vermelha na mão, dizendo que é “da Pepê”... que por acaso sou eu. O Daniel me chama assim, mas agora varia com o Tia Memem dos outros meninos. Então eu brinco que sou a Pepê, ele é o meu neném e somos a dupla mais incrível e amorosa do mundo.

Por agora, se calam as letras. O domingo ainda é cinza e me espera do lado de fora, pra quem sabe, me azular o dia, me avermelhar o peito como a florzinha delicada do meu Daniel que é dos outros. No mínimo, pro acinzentado do dia, se não dá pra se colher um bocado de coisa diferente, há por aí uns abraços descuidados, pronto pra serem postos em realização.

É pra lá que eu vou. É gol?
Ah, os versos do moço, que peguei sem perguntar. 
Teje presa?


verde rasga o chão
e afaga o bucho do boi -
a chuva me cinza.


(Igor Machado)


6 comentários:

  1. Feliz segunda-feira!
    Beijo em seu coração.

    Nicinha

    ResponderExcluir
  2. Dia meio coisado kkkkkkkkk

    Gostei dessa expressão do moço. Te vidasque me cinzam tb... :(

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Chego dias depois desse domingo cinza que com certeza passou e já tem UM outro a espreitar. Semana esquisita essa... segunda dia de jogo, de trabalho pelas metades, quinta de feriado e aí já chegou o fds. Por aqui tá uma belezura...cidade mais pra vazia do jeitim que eu amo. Posso caminhar tranquila!
    Beijuuss Tia Pepê

    ResponderExcluir
  4. [ cores pontiagudas
    circundam um eixo
    (de vida)
    ainda bem! ]


    beij0

    ResponderExcluir
  5. Oi minha amiga! Faz tempo que não venho aqui né?
    Mais uma bela crônica do dia a dia!
    Vc é mestre nisso né? Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Essa sua mistura de desabafo, com cotidiano e com poemas é sempre ótima, Milene. E essa foto deixa um ar de menino levado no ar. rs bjs

    ResponderExcluir