quinta-feira, 17 de julho de 2014

DE CONTA EM CONTA


Faz de conta que não liguei, hoje, a TV. Faz de conta que não abri as manchetes nos sites, sequer escutei nos rádios as vozes das más notícias. Faz de conta que aquilo contado, o dito e espalhado, é coisa da ficção. É mentira pra vender jornal, é a TV que quer aterrorizar, pra fixar as pessoas à sua frente, sorvendo feiuras e hostilidades. Nem uma criança foi morta em nome de uma guerra que ganhou como herança antes mesmo do seu primeiro choro. Guerra era pra ser coisa fora de moda, inspiração pra cinema, história pra ser contada na sala da aula, sem nenhum resquício de saudade. Faz de conta que tudo vai melhorar. Alguém se dará conta do abismo pra onde caminham os humanos com suas armas poderosíssimas e amanhã a TV dirá: “Enfim, a paz. Depois de experimentarem toda a espécie de selvageria e insanidade, os homens perceberam que tolerar é a saída”. O amor é, faz de conta, a imortal arma a desmantelar as mais intransponíveis barreiras de ódio. 

6 comentários:

  1. Nossa, faz de conta mesmo, Milene, porque tá difícil. Aliás, parece que com o fim da Copa tudo voltou a ser o que era antes, ou seja, a realidade deu uma passeada mas já bateu nossa porta e voltou sem pedir licença. Ótimo seu texto. bj

    ResponderExcluir
  2. Vou fazer de conta que não li a tua publicação, querida Milene, porque estou à beira de dois dias em que me apetece estar de papo para o ar fazendo de conta que o mundo é bom, que a felicidade até existe e que o céu é azul, azul até demais... Beijos Gloriosos.

    ResponderExcluir
  3. Só mesmo no faz de conta, porque a realidade é bem assim...cruel .
    mas enquanto os cães ladram a caravana passa e temos é que aproveitar o máximo o bom que a vida nos dá, mesmo que não seja na quantidade e qualidade que nós gostaríamos que fosse.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Belo seu texto Mila, poisi somente fazendo de conta, de vez em quando, é que podemos atravessar as barreiras e insanidades que acontecem perto e tambem bem distanteS de nós (porém cada dia bem mais próximo) e que a midia insiste em encher nossos olhos e ouvidos todos os dias/horas.

    ResponderExcluir
  5. E nesse faz de conta, realmente tudo melhora.
    O fazer de conta nos torna mais leves.

    Beijo

    ResponderExcluir