OS AMIGOS ME DISSERAM


Uma menina em pétalas
Uma mulher em rosas
Uma amiga flor
Uma gota lágrima
Uma letra alma
Uma única expressão: amor
Um relâmpago emoção
Um flash terno
Uma sensibilidade luz
Um gesto majestoso
Um átimo vida
Um ato eterno

(para mim - por SI FERNANDES)



O SILOGISMO DA AMIZADE

(ele fez pra mim)

ONDE ESTAVAMOS QUE EU NÃO TE PERCEBIA?
NEM VIU VOCE MEU MUNDO CONFIDENCIAL,
ONDE DESNUDO-ME POR INTEIRO.

NO INICIO DIFICIL NASCERAM AS RAIZES.
VI UM FEIXE DE PRIMAVERA NOS TEUS OLHOS... 

AGORA...AH! E AGORA...!
AGORA EU PEÇO AOS CEÚS 
QUE PROLONGUE O NOSSO CICLO.

PARA QUE NÃO PARTAMOS TÃO DEPRESSA. 


(Moisés Poeta)



VERSOS ÀS AVESSAS - POR RODOLFO BARCELLOS

EU ANDO PREOCUPADO
COM SEU PRÍNCIPE EMBUTIDO,
ESSE BATRÁQUIO ASSANHADO,
SEU NAMORADO ENRUSTIDO.
NÃO PENSE QUE É CIÚME,
NÃO SEJA TÃO CONVENCIDA;
É O CUIDADO DE COSTUME
POR UMA AMIGA QUERIDA.
EU SOU BRUXO E NÃO ME ESQUEÇO
DE UMA IMPORTANTE MINÚCIA:
O FEITIÇO É PELO AVESSO
COM BICHINHOS DE PELÚCIA.
SEJA, POIS, INTELIGENTE;
NÃO BEIJE O SAPO SAPECA,
QUE EM VEZ DELE VIRAR GENTE,
VOCÊ VIRA PERERECA.


BAILARINAS

De toque invisível - e rosto amorfo
Ele viaja.
Sabe ser doce colorindo solstícios
Seu brado é formador de nuvens
E criador de tempestades

Desde Atenas atravessa
Torres e mausoléus
Traz na voz o poder que derruba
Marinheiros e suas naus
E no toque invisível da mansidão
Afaga peles que acedem fogo-fátuo

Dança por sobre lampejos
Entre bailarinas e serpentinas
Suaves, românticas
Apetitosas meninas
E no tropeço das mentiras
Arremata e rodopia
Calando terra e céu:
Seu nome?

VENTO!

(by Lu Cavichioli)